segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Light Sheer Laser de Diodo

 
 O que é o Light Sheer?
 
Light Sheer é o laser utilizado na depilação com os resultados mais significativos até hoje. Aprovado pelo órgão de saúde norte-americano e pela ANVISA no Brasil, o equipamento foi projetado para remover os pelos indesejados de forma permanente e segura. O Light Sheer pode ser aplicado em qualquer parte do corpo e trata todos os fototipos, ou seja, todos os tipos de pele, como peles bronzeadas e negras, pois age diretamente no pigmento (melanina) do pelo, desse modo, quanto mais escuro for o pelo, mais eficaz será os resultados dos tratamentos.  

Como funciona a depilação a laser Light Sheer?

O processo da depilação a laser Light Sheer, inicia com o resfriamento da parte superficial da pele com um gel especial, depois o disparo dos feixes de luz atuam na melanina presente no pelo, enquanto a pele recebe menos energia, com isso, a área em torno do tecido não é afetada. A captação da energia através do pelo é transmitida ao folículo piloso que aquece e destrói o pelo, atingindo as células da raiz, impedindo que pelo volte a crescer. 

Durante o procedimento, o paciente pode sentir um leve incômodo, no entanto, dependendo da sensibilidade da área do corpo e da pele, utilizam-se cremes anestésicos para amenizar a sensação de desconforto. O número de sessões vai depender da área a ser tratada, do ciclo de crescimento do pelo e do tipo de pele. Em média, o procedimento consiste em seis sessões aplicadas mensalmente, com intervalos de 30 a 45 dias entre cada sessão. 

Para a eficácia no tratamento da depilação com Light Sheer, a luz, ao ser absorvida, pode gerar três efeitos térmicos, necessários para destruir o pelo. A fototérmica, que destrói por meio do calor local, a fotomecânica, pela geração de ondas de choque, e a fotoquímica, por meio da criação de mediadores tóxicos, como oxigênio singlet ou radicais livres. 



Resultados da depilação a laser de diodo Light Sheer:

O resultado da depilação a laser Light Sheer costuma ser notado após seis sessões. É importante salientar que o tratamento atua apenas nos pelos já existentes, não atuando nos pelos que passarão a existir. Contudo, os novos pelos crescem cada vez mais fracos. Após o tratamento, novos pelos crescerão entre um e três anos, podendo serem realizadas novas sessões, caso necessário. O tratamento reduz a produção de pelos num período de até 2 anos, observando-se a permanência dos resultados nas áreas tratadas. 

Após o tratamento podem ocorrer vermelhões no local que duram pouco tempo, reações mais graves são muito raras. 

Recomendações antes e após o tratamento com Light Sheer:

Para que possa iniciar o tratamento da depilação a laser Light Sheer, é preciso depilar a área a ser tratada, preferencialmente com gilete ou creme depilatório, porém, podem ser retirados com cera ou pinça. 

O paciente pode voltar às atividades rotineiras, sem a necessidade de repouso. Deve-se, no entanto, evitar o sol. Com a sensibilização da pele, o surgimento de queimaduras por radiação ultravioleta fica mais provável. Caso exponha-se ao sol, é sempre indicada a utilização de bloqueador solar de no mínimo 30 FPS. Também podem surgir manchas na pele caso estas recomendações não sejam seguidas.
- See more at: http://www.esteticas.com.br/lightsheer.htm#sthash.iTpy75OM.dpuf
Postar um comentário

TALVEZ DESCONHEÇA SOBRE OS BURACOS NEGROS 1 – Eles não foram descobertos por Einstein Apesar de muita gente associar a descoberta dos ...