sábado, 11 de julho de 2015

O misterioso caso das máscaras de chumbo

0FLARES Facebook 0Google+ 0
Email--Email to a friend
mascara
Para que serviriam duas máscaras de chumbo? Para que dois homens iriam em um dia de chuva ao alto de um morro na cidade de Niterói, estado do Rio de Janeiro e ficariam esperando? Esperando o que? Fazendo o que? Infelizmente essas perguntas nunca foram respondidas e o caso das máscaras de chumbo, como ficou conhecido, intriga muitas pessoas até hoje.
A história nunca explicada
O dia 20 de agosto de 1966 ainda marca uma das histórias mais estranhas e misteriosas ocorridas no Brasil até hoje. No dia em questão, foram encontrados os corpos de dois homens no alto do Morro do Vintém, subúrbio da cidade de Niterói, eles não possuíam marcas de violência e portavam uma garrafa de água vazia, um pacote com duas toalhas, pouco dinheiro em seus bolsos, um bilhete com coisas estranhas escritas e duas máscaras de chumbo mais estranhas ainda.
mascara1
Os homens encontrados eram Manoel Pereira da Cruz e Miguel José Viana, sócios em uma oficina de eletrônica, moradores da cidade de Campos de Goytacazes. Ambos eram casados e saíram de sua cidade no dia 17 de agosto de 1966, para comprar materiais de trabalho e um carro na cidade de São Paulo. Algumas pessoas relataram que os homens possuíam aproximadamente o equivalente a 1000 dólares consigo.
Acontece que essa não era a real intenção deles, o ônibus que pegaram tinha destino a Niterói, onde chegaram por volta das 14:30 hs, compraram capas de chuva e uma garrafa de água mineral no comércio da cidade e rumaram ao seu destino.
Segundo relatos dos moradores dos arredores do Morro do Vintém, os dois chegaram no local em um jipe com mais três pessoas, mas subiram apenas os dois, segundo as anotações do estranho bilhete que levavam consigo teriam de estar no local as 16:30.
Depois disso, nada mais se sabe sobre o que de fato ocorreu, não foi possível determinar as causas da morte, o que ocorreu no tempo em que não foram vistos e porque fizeram o que fizeram naquele dia.
No bilhete que possuíam, existia a recomendação para ingerir uma cápsula, o que levantou a hipótese de envenenamento, mas a autópsia, questionada até hoje pela forma como foi feita, não confirmou a presença de veneno nos corpos ou mesmo o motivo que os levou a morte.
mascara3
A senhora Gracinda Barbosa trafegava com seus filhos nas proximidades do Morro do Vintém e relatou que viu um clarão e muitas luzes, aproximadamente no horário no qual os investigadores acreditam que os homens morreram. O que relatou se assemelhou muito com os relatos de OVNIs.
Um ponto controverso que foi levantado durante as investigações foi o fato de que os estranhos bilhetes não possuíam o linguajar usual de nenhum dos dois homens, entretanto exames grafológicos comprovaram que a caligrafia era de Miguel. Esse fato poderia demonstrar que alguém havia dito a eles o que escrever.
Existem várias teorias sobre o que ocorreu, latrocínio, raio que teria caído no morro, envenenamento, experiências parapsicológicas que foram conduzidas de forma errada ou a incursão de extraterrestres, entretanto, nenhuma delas consegue explicar de forma definitiva o caso.
Finalmente, três anos de investigação depois e ainda com muitas dúvidas, o caso foi arquivado por falta de provas e a despeito de várias incursões e investigações realizadas posteriormente, o mistério continua.
Experimentos anteriores
Relatos de moradores da cidade de Campos dos Goytacazes davam conta de que Miguel e Manoel já haviam feito alguns experimentos estranhos, geralmente ligados a misticismo ou espiritualismo.
Relatos dão conta que certa vez os dois, acompanhados de dois outros homens, identificados como Elcio e Valdir, durante um experimento, realizado na praia da Atafona, causaram uma enorme explosão que chegou a rachar as paredes de casas das redondezas. A população da cidade chegou até a dizer que um disco voador teria caído na praia.
Vídeos
Depois de vários anos sem resposta sobre o que ocorreu naquela noite, alguns documentários foram realizados retratando o caso, veja este feito pelo programa Linha Direta da Rede Globo, que foi ao ar em 1990:

O que você acha que ocorreu naquele dia 17 de agosto de 1966? Porque esses homens foram até lá e o que os matou? Será que com o tempo que já se passou e a falta de provas concretas, nunca saberemos o que ocorreu e o caso das máscaras de chumbo permanecerá para sempre um mistério?
Fontes: Megacurioso, Além da Imaginação, Clube de Astronomia
Postar um comentário

MELHORE SUA ATENÇÃO: VEJA 10 ALIMENTOS QUE AJUDAM SEU CÉREBRO A RENDER MAIS Nem sempre nós conseguimos ter hábitos que nos ajudam a mant...