quinta-feira, 5 de março de 2015

Lobisomem - Verdade ou mito ?



Lobisomem ou licantropo


(do grego λυκάνθρωπος: λύκος, lykos, lobo e άνθρωπος, anthrōpos, homem , é um ser lendário , com origem na mitologia grega, segundo as quais, um homem pode se transformar em lobo ou em algo semelhante a um lobo em noites de lua cheia , só voltando à forma humana ao amanhecer.

BannerFans.com


A História do Lobisomem


O primeiro fato interessante sobre lobisomens é que nós podemos rastreá-los até em pinturas rupestres turcas de 8000 aC e até mesmo por escritas, casos documentados existem  desde 2000 aC  Naquela época, o Épico de Gilgamesh , um poema épico e uma das primeiras formas de ficção literária, que foi escrita e incluiu várias referências aos lobisomens. 

BannerFans.com
Fragmentos da Epopeia de Gilgamesh.

Muitos séculos depois, por volta de 400 aC, encontramos registros históricos gregos de Damarchus, um lobisomem Arcadian que mudou de forma para um lobo e só retornou a ser um homem novamente depois de  nove anos , ele foi relatado por ter vencido uma medalha do boxe nos Jogos Olímpicos gregos .

BannerFans.com
(Boxe) Os jogos Olímpicos na Grécia Antiga

Em 1020 AD encontramos nosso primeiro registro da palavra "homem-lobo". 
É neste momento que a lenda começa a decolar. Em 1101, o príncipe Vseslav de Polotsk , o governante mais poderoso da cidade Ukrain Polotsk, morreu com forte rumores de que era um lobisomem.

BannerFans.com
príncipe Vseslav de Polotsk

Um século mais tarde, Volsunga saga , provavelmente a saga mais importante do Fornaldar Sagas , ou poemas épicos, incluído referências ao herói Sigmund e seu filho Sinfjötli que usavam a maldição de se transformar em lobo durante a lua cheia.

 Até o início de 1400, começamos a ver referências de mulheres  que se transformava  em"lobos" , por volta de  1500, existiam muitos casos registrados de homens que foram  executados por serem lobisomens.

BannerFans.com

Surpreendentemente, 1520-1630, existem mais de 30.000 testes de lobisomem registrados só na França. Durante essa mesma época, De praestigus daemonum de Weyer foi publicado que racionalizava os lobisomens como demonificação uma e uma doença mental (a teoria mais tarde foi apoiada pelo infame 1975 Surawicz e Banta trabalho de pesquisa).

Relatos pelo mundo sobre os supostos lobisomens.


O Lobisomem de Greifswald

A registros antigos, da cidade alemã de Greifswald que no ano 1640. Consta que a população desta cidade viveu apavorada e evitavam de sair a noite com medo de virar lanche de um animal tão grande, que parecia ser humano e lobo ao mesmo tempo.
Consta que tal animal foi supostamente abatido por um grupo de alunos de uma escola com balas de prata.

BannerFans.com
Cidade de Greifswald (dias de hoje )

O Lobisomem Jean Grenier


Durante a primavera do ano 1603 terror se espalhou através dos distritos St. Sever da Gasconha, França.

 Muitas crianças  começaram a desaparecer misteriosamente,um rapaz de treze ou catorze anos  Jean Grenier foi acusado pelas mortes depois de atacar algumas suposta vítimas , Marguerite Poirier  e o filho de  Jean Roullier o jovem Roullier se salvou devido seu irmão mais velho. 

Depois de depoimentos de ambos,Jean foi condenado por alguns dos crimes mais hediondos da história, mas por causa de sua pouca idade não foi condenado à morte . 
Em vez disso, ele foi levado para o convento de São Miguel Arcanjo onde passou  o resto de seus dias.

 Ele foi avisado de que qualquer tentativa de escapar seria punido pela forca. Pierre de Lancre, visitou o Jean Grenier no ano de 1610, e descobriu que ele havia se tornado um rapaz magro, com  profundos olhos negros que brilhavam intensamente. 

Ele tinha dentes afiados e longos, alguns dos quais eram grandes como presas, enquanto que suas mãos eram quase como garras como pregos tortos horríveis.

 Ele amava  uivar como os lobos e, muitas vezes caiu de quatro enquanto ele se movia com extraordinária agilidade e aparentemente com maior facilidade do que quando ele andava ereto como um homem.

BannerFans.com

 Bray a Estrada  da Besta


Estado de Wisconsin ,em 1936, 1964 e 1972, houve relatos de uma besta parecida como um homem e um lobo ao mesmo tempo só que bem mais forte e maior que ambos.

BannerFans.com

Mas não havia nada, tal como os relatórios que saíram da área perto de Delavan , a partir de 1989 e que mais tarde ficou conhecido como o Bray Estrada da Besta.

Uma jovem chamada Doristine Gipson em 31 de outubro de 1999,relatou ter visto um figura peluda escura,depois de um suposto atropelamento que ela achou ter cometido. 

Escapou e relatou o fato bizarro ,outras pessoas tiveram o infeliz encontro com a tal besta.

No mesmo local animais apareceram mutilados e vários fatos sinistros aconteceram,devido ao aumento da mídia em pouco tempo os fatos pararam de acontecer.

Não se sabe o que aconteceu no sudeste do Wisconsin entre 1989 e 1992, e prevalecê um  mistério  sem solução.

O homem-lobo de Chalons


Um dos piores casos de licantropos foi de Tailor o Demônio.
indiciado em Paris, em 14 dezembro de 1598 sob a acusação de assassinato que eram tão terríveis que o tribunal ordenou que todos os documentos da audiência fosse destruídos. Até mesmo seu nome verdadeiro tornou-se perdido na história.


Queimado até a morte por seus crimes,relatos dizem que diz que devorou e estruprou crianças de ambos os sexos,Barris de ossos secos foram encontrados escondidos em suas adegas, 
E morreu dizendo que era sua natureza.

O Lobisomem Michel Verdun



Na época das inquisição o inquisitor de Besançon, acusou Philibert Montot, Pierre bourgot, e Michel Verdun por ter feito um pacto com o diabo  para se tornarem lobisomens. Esses homens se tornaram conhecidos como os lobisomens de Poligny.

Esses homens ficaram sob suspeita quando um viajante passando pela região foi atacada por um lobo. Ao defender a si mesmo, ele foi capaz de ferir o animal, o animal foi obrigando a recuar. 

Seguindo a trilha da criatura ferida, chegaram a uma cabana onde encontrou um morador local.

Era Michel Verdun, sob os cuidados de sua esposa, que estava lavando uma ferida em seu corpo.Parecida a que fez na besta, o homem informou as autoridades. 

Preso e torturado, Verdun admitiu que ele era um metamorfo. Ele também revelou os nomes de seus dois cúmplices lobisomem como ele, confessou crimes hediondos que também cometera: diabólicos , assassinatos, e comer carne humana. Os três homens foram prontamente
executados.

Os Lobisomens de Paris


Em 1450 quarenta pessoas em Paris foram mortas como se fossem devoradas por um animal,relatos de um animal de cor avermelhada parecida como um lobo e um homem ao mesmo tempo ,eles era díferentes de um nível de inteligência bem maior do que o normal.
Relatos dizem que foram apedrejados e espetados até a morte em frente à Catedral de Notre Dame.
Sem antes de uma grande batalha é meio surreal ,mais relatos da história da cidade em 7 chaves mostra que é louco isso !!!!
Sera que é uma loucura coletiva de uma cidade inteira ??????

BannerFans.com

O Lobisomem Gilles Garnier


Em meados de 1571, Gilles Garnier foi condenado e queimado na fogueira após ser condenado por ser um suposto lobisomem. O homem-lobo de Dole, Gilles Garnier era um eremita recluso que vivia fora da cidade de Dole, na França.

 Crianças desapareceram ou foram encontrados mortas de uma forma incomum (mutiladas de uma forma cruel) e as autoridades emitiram um mandato que se as pessoas encontrasse algo incomum que ajudasse a deter o indivíduo,mesmo sem saber o que se tratava .

Numa noite, um grupo de trabalhadores que viajavam de uma cidade vizinha viu um figura que parecia ser um lobo e um suposto homem, junto ao um corpo de uma criança morta.

Logo após Gilles Garnier foi preso e confessou ter matado 4 crianças para saciar sua fome e da esposa.


Se é verdade ou não sobre esses fatos eu não sei disser só sei que "Há mais mistérios entre o céu e a terra do que a vã filosofia dos homens possa imaginar"

William Shakespeare


Fonte : bizarbin Wikipédia


Tags: mistério ,lobisomem,Mito,história,Lenda
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...