terça-feira, 10 de março de 2015

Conheça o homem que passou 30 dias comendo

 insetos e descubra porque você deveria fazer o mesmo!


Mas o que me chamou a atenção foi o excelente timing de alguns leitores do blog, que me mandaram no último fim de semana links de uma dieta bem estranha, mas que eu até que gostaria de experimentar também… Apesar de ser muito fora da nossa realidade. CamRen Brantley-Rios é um estudante que mora no Alabama e tem uma profunda preocupação com a sustentabilidade do planeta em que vivemos. Ele concluiu que a produção de gado consome muita terra e água, enquanto a de insetos para alimentação afeta muito menos o nosso ambiente (clique aqui para ler mais a respeito), daí como muitos povos já têm os insetos como sua principal fonte de proteína, ele resolveu tirar a prova de que todo mundo pode viver com essa alimentação sendo feliz e saudável, inserindo insetos em todas as suas refeições durante 30 dias.
Parece que no começo ele tinhas bastante frescura com bichinhos diferentes no prato,mas que não demorou muito até ele descobrir que tudo era uma questão de tempero… Vamos combinar que até frango sem tempero é algo horrível, né? Então ele provou que basta uma simples adaptação e que dá pra fazer umas comidas muito bonitas usando insetos como ingredientes, mas que se você não curtir ficar olhando para as patinhas, existem maneiras nutritivas e menos chocantes de bolar as receitas também.
O mais legal é que ele relatou tudo em um blog, cheio de fotos bem legais! Os 30 dias já acabaram e agora dá pra acompanhar o relato inteiro da experiência, ele contou dia após dia como foi todo o processo de se acostumar a cozinhar com insetos e principalmente, ter coragem de comê-los e ainda se acostumar com isso. Clique aqui para ler o blog do Cam! Foi o meu passatempo do sábado, já li todos os posts e agora espero sinceramente que ele continue postando de vez em quando para falar sobre a sua saúde e sobre como esse novo estilo de alimentação está influenciando também as pessoas que fazem parte do seu dia a dia, já que ele disse no último post que pretende continuar se alimentando de insetos para que seja possível estudar o impacto disso a longo prazo no seu corpo. Aliás, pra mim esse é o único defeito da coisa toda, eu acho que ele deveria publicar um estudo sobre como isso alterou (ou não) seus exames laboratoriais, mas como o mês de insetos dele terminou no último dia 28, há pouquíssimo tempo, pode ser que ele ainda faça isso, até porque essas coisas demoram, né.
A única parte que me incomoda muito no blog do Cam é que ele come algumas aranhas e como eu tenho fobia à esse inseto, sinceramente é algo que eu acho que ainda não estou pronta pra comer, até porque a foto dela empanada já me deixa bem tensa. Mas tirando isso achei o experimento muito legal e acredito realmente que essa é uma forma de alimentação que deveria ser mais explorada, eu já provei alguns bichinhos desses como vocês sabem e garanto que não é tão terrível quanto parece, na verdade é bem ok, acho que faltam apenas mais referências sobre o tema para que isso deixe de parecer tão estranho. Um blog muito legal e abrangente que eu conheci por causa do projeto 30 days of bugs é o Girl Meets Bug, então se você se interessar pelo assunto e quiser pesquisar mais, clique aqui e leia os posts da Daniella. Ela é bem mais radical que o Cam na hora decomer insetos, mas ao mesmo tempo é muito mais didática e até inspiradora.
E vocês, têm algum inseto que não comeriam de maneira alguma? Já experimentaram algum que gostaram bastante?
FONTE:http://delarosa.com.br/30-dias-de-insetos/
Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...