sexta-feira, 27 de março de 2015

Cerca de um terço das mulheres

 finge orgasmo para poupar os

 sentimentos do parceiro

Terminar a transa de forma mais rápida é outro motivo pelo qual elas simulam o prazer
fingir2Publicado em O Globo
Não é segredo algum que as mulheres fingem orgasmos. Basta lembrar da clássica cena de Meg Ryan em “Harry e Sally – Feitos um para o Outro”. Mas os por quês elas fazem isso podem surpreender. Uma nova pesquisa encomendada pela revista “Cosmopolitan” revelou que 67% das 2.300 mulheres entrevistadas já fingiram um orgasmo com um parceiro.
As razões eram fazer o parceiro se sentir bem ou poupar os sentimentos dele (28%) ou terminar a transa de forma mais rápida já que sabia que não atingiria o orgasmo de maneira alguma (27%). Ao todo, 42% revelaram ambos os motivos citados anteriormente. Um total de 3% apontou outros motivos.
As que se queixavam que não estavam tendo orgasmos com o seu parceiro apontaram uma série de razões de chegar “quase lá”, mas incapazes por conta do nervosismo (50%) ou por não ter ‘o tipo certo’ de estimulação de seu parceiro (35%). Para 32%, a preocupação de como está parecendo para o outro as impedem de chegar a um clímax.
Chocantes 72% das mulheres admitiram que seus parceiros atingiram o clímax sem ajudá-las a chegar no mesmo momento, apesar de 78% acreditarem que o companheiro se preocupava em dar prazer a elas.
No entanto, cerca de 57% das entrevistadas disseram que atingiam o orgasmo na maioria ou toda vez que tiveram relações sexuais, enquanto 95% acreditavam que o parceiro tinha orgasmo na maioria ou em todas as transas. A pesquisa também sugere que nem sempre o ápice do prazer é uma prioridade para as mulheres.
O estudo também explorou quando as mulheres experimentaram seu primeiro orgasmo. A maioria (27%) revelou que na faixa etária entre 17 e 19, logo após a perda da virgindade.
Indagadas sobre como a maior parte de seus orgasmos acontecem, as mulheres responderam: masturbação com a própria mão ou com brinquedo erótico (39%), penetração com estimulação do clitóris (20%), penetração sem estimulação do clitóris (15%), sexo oral (12%), com a mão do parceiro (9%), com o parceiro utilizando um brinquedo erótico nelas (2%) e outros (3%)
FONTE:http://www.pavablog.com/2015/03/26/cerca-de-um-terco-das-mulheres-finge-orgasmo-para-poupar-os-sentimentos-do-parceiro/

Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...