quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Eles pensaram que tinham comprado uma micro-porca, mas foram enganados

Steven Jenkins and Derek Walter pensaram que estavam comprando uma micro-porca, mas na verdade foram enganados.  A porca não era nem um pouco micro.
Mas o ocorrido fato completamente suas vidas:
Esther continuou crescendo e eles logo perceberam que ela não era micro.  Ela era uma porca normal, mas eles decidiram ficar com ela mesmo assim.
Dois anos mais tarde, a ‘porquinha’ pesava 304 quilos:
Mas eles se apaixonaram por ela:
Mas criar uma porca gigante não é para qualquer um.  Ela precisa de muita comida:
Aqui está uma bela comparação de tamanho.  Esses cães não são pequenos:
De qualquer forma, ela dá um jeito de se aconchegar com os outros animais:
Na verdade, ela faz amizade com todos os tipos de animais, grande ou pequenos:
Parceiros no crime indo atrás de um lanchinho à meia-noite:
Ela gosta de roupas delicadas:
E de se aconchegar junto à lareira:
Ela gosta de atenção e, é claro, de ficar suja:
E ela também gosta do Natal, é claro, porque a comida é muito boa:
Mas o que ela realmente gosta é do carinho que lhe é dispensado:
Fonte:http://otimundo.com/eles-pensaram-que-tinham-comprado-uma-micro-porca-mas-foram-enganados/
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...