quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Conheça as três maiores causas do mau

 hálito e evite-as



Cortar algum alimento ou comê-lo em excesso pode causar halitose. Medicamentos para emagrecer e estresse da privação de comida também agravam o quadro
Ficar sem comer por longos períodos ou ingerir alimentos “errados” excessivamente pode causar halitose. E a má alimentação é a terceira causa mais comum de mau hálito, isso inclui pular refeições ou ficar mais do que quatro horas sem comer.
Ocorre que ficar muito tempo de estômago vazio leva à hipoglicemia (queda de açúcar no sangue). Para evitar que isso aconteça em larga escala, o organismo começa a queimar gordura para preservar a glicose e manter a obtenção de energia necessária para a sobrevivência. “Essa queima de gordura produz ácidos graxos que escapam durante as trocas gasosas em nível pulmonar, comprometendo a qualidade do hálito”, diz Mariana Pereira Alves, cirurgiã-dentista e coordenadora CETH (Centro de Excelência no Tratamento da Halitose). 
Porém, a escolha da dieta errada também pode causar o mau cheiro na boca. Segundo a especialista, uma alimentação rica em lipídios (alimentos gordurosos) resulta em altos níveis de acidez que produzem um cheiro desagradável no hálito. Ela explica que alguns alimentos, quando consumidos exageradamente, podem causar a halitose, principalmente se essa comilança não for seguida de uma boa higienização da boca. São eles, carne, queijo, alho, cebola, azeitonas, ovos, alimentos condimentados, maionese, chocolate, leite, salame, presunto, mortadela, repolho, sardinha, alcachofra, couve-flor e brócolis.

Medicamentos também são vilões
O uso de medicamentos para emagrecer também contribui para o mau hálito. “Os remédios para emagrecer produzem alterações na composição e na quantidade de saliva. Eles geram a redução do fluxo salivar, aumentando a descamação da mucosa bucal e o acúmulo de bactérias no dorso na língua. Dessa forma, produzem uma camada amarela esbranquiçada conhecida como saburra lingual, que é uma das causas mais freqüentes do mau hálito”, diz Mariana.

Até o psicológico da pessoa que está fazendo a dieta pode atrapalhar o hálito. O estresse causado pela necessidade de emagrecer também causa queda no fluxo salivar e no açúcar do sangue. Por isso, quando decidir que precisa de uma dieta é importante pedir auxílio a um médico especializado e reforçar a higienização da boca. 

Fonte:
Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...