sexta-feira, 27 de junho de 2014


Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014



Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014 – Fotos e vídeo com a modelo Rosângela Fraga, vencedora do concurso Gata da Copa pelada mostrando seu belo corpo – Em clima de Copa do Mundo, a Revista Sexy traz uma edição especial para o mês de junho de 2014, com conteúdo e capa bilíngue. A bela Rosângela Fraga tirou a roupa no campo de futebol do Clube Nacional, na Barra Funda, com o fotógrafo Jonas Tucci.
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014


Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Rô Fraga pelada nua na Sexy de Junho 2014
Fonte:http://gatobemdotado.com/ro-fraga-pelada-nua-na-sexy-de-junho-2014/

Grandes mitos sexuais

Mitos sexuais
Você cresceu ouvindo afirmações do tipo masturbação dá espinha, os homens gostam mais de sexo que as mulheres e que o ponto G existe. Umas mais absurdas, outras menos verdadeiras, o fato é que muita coisa se transformou em mitos sexuais e ainda hoje existe gente que acredita em muita balela.
Para acabar de vez com essa desconfiança, resolvi destrinchar os principais mitos sexuais para você deixar seu lado paranoico, machista e ignorante de lado. Leia agora ou depois não vá dizer que eu não avisei

MITO 1: OS HOMENS GOSTAM MAIS DE SEXO DO QUE AS MULHERES

Só para te atualizar sobre o assunto, o site de relacionamento ParPerfeito realizou uma pesquisa que concluiu que 54,55% das mulheres com idade entre 18 e 24 anos não precisam de amor para fazer sexo. Os homens da mesma faixa etária que admitiram que transam sem necessariamente sentir amor pela parceira é de 50% – menos que entre as mulheres. Isso já é o bastante para comprovar que esse mito caiu por terra. Agora, se você é homem e acredita nisso, a verdade são as mulheres que não gostam de fazer sexo com você
mitos do sexo

MITO 2: VOCÊ PODE JULGAR O TAMANHO DO PÊNIS PELO TAMANHO DO SEU PÉ

A história de que o tamanho dos pés de um homem é diretamente proporcional à dimensão do pênis é mito. Mas, um estudo coreano recente descobriu que o que importa mesmo é o tamanho dos dedos das mãos. Se um homem tiver os dedos indicadores mais curtos que os anelares, a probabilidade de que ele seja bem dotado é maior.  Pelo menos é o que diz um estudo coreano publicado no periódico “Asian Journal of Andrology”. Basta saber se a regra vale só para os coreanos ou se aplica também ao resto do mundo

MITO 3: HOMENS PENSAM EM SEXO A CADA SETE SEGUNDOS

De acordo com a Universidade Estadual de Ohio (EUA), os homens pensam em sexo 19 vezes por dia. Apesar de esse número ser bem maior do que o das mulheres (10 vezes), não chegamos a pensar em sexo a cada 7 segundos. Caso isso fosse possível, como gostaríamos tanto do futebol e das cervejas com os amigos?

MITO 4: MASTURBAÇÃO PROVOCA ESPINHA, LEVA À ESTERILIDADE E CAUSA CEGUEIRA

Sem sombra de dúvida, esse é o assunto que contem a maior quantidade de mitos. De acordo com o psicólogo e psicoterapeuta sexual Marcelo Toniette. “A masturbação não causa espinhas, assim como não leva à esterilidade, não leva à dificuldade de ereção, não causa cegueira, não faz crescer pêlos nas mãos, não leva à loucura. Agora, convenhamos, se causasse cegueira, você não poderia ler esse texto agora.
Mitos sexuais

MITO 5: JAPONÊS TEM PINTO PEQUENO

De acordo com o Japanese Jornal of Sexology, a média japonesa é de 13 cm, No Brasil, devido à grande miscigenação de etnias, a média é de 12,4 cm. Esse mito, porém, não descarta o dos africanos, já que na África do Sul a média é de 15,9 cm.

MITO 6: SEXO ANTES DE JOGO, OU UMA ATIVIDADE FÍSICA IMPORTANTE, PODE COMPROMETER SUA PERFORMANCE

Estudo suíço realizou testes em pessoas duas e dez horas após elas fazerem sexo e constataram que, depois de dez horas, os participantes estavam completamente recuperados. Houve só uma pequena queda no desempenho duas horas depois do sexo.

MITO 7: É POSSÍVEL QUEBRAR O PÊNIS

Apesar do pênis não ter osso, ele é formado por dois tubos chamados corpos cavernosos, que são os que ficam cheios de sangue para dar a ereção peniana. Ao redor desses dois tubos existe uma capa fibrosa denominada túnica albugínea que é o que não deixa o sangue sair durante a excitação e ereção. Ao ter uma penetração intempestiva, o que ocorre na maioria dos homens que querem demonstrar suas aptidões sexuais, mudando muito de posição em frações de segundos, o pênis pode torcer e “quebrar”, isto é, aquela capa fibrosa se rompe e o sangue extravasa por esse local. Dependendo do grau de fratura, ocorre a impotência. A posição que mais facilmente deixa que isso ocorra é a mulher por cima ao penetrar sem cuidado e com muita rapidez.
Mitos sexuais

MITO 8: FAZER SEXO NA ÁGUA (PISCINA, BANHEIRA, CHUVEIRO…) MATA ESPERMA E EVITAR A GRAVIDEZ

Embora grande parte dos ‘guerreiros’ possam morrer ou se perder durante o ato, sexo na água não é um contraceptivo confiável, segundo Jon L. Pryor, professor de cirurgia urológica da Universidade de Minnesota (EUA).

MITO 9: SEXO TÂNTRICO PODE DURAR ATÉ 8 HORAS SEGUIDAS

Outro mito urbano. Esse tipo de sexo pode durar horas, mas grande parte delas é mais um estado de espírito do que ato físico em si (penetração). Para você ficar mais aliviado com a parceira, a duração média do sexo é de três a sete minutos. Mas não se preocupe tanto com o tempo. O importante é fazê-la chegar lá, seja com 2 minutos ou com 2 horas.

MITO 10: VOCÊ PODE PEGAR UMA DST DO VASO SANITÁRIO

Doenças sexualmente transmissíveis requerem ambientes úmidos para se reproduzir. O problema aqui são as outras doenças que você pode contrair nesses ambientes.
Mitos sexuais

MITO 11: TAMANHO NÃO É DOCUMENTO

A vagina tem profundidade variável de 9 a 12 cm. A maioria das terminações nervosas relacionadas ao prazer sexual situa-se justamente na entrada. Levado pelas opiniões de médicos e especialistas na área, você pode até achar que o tamanho não importa. Ledo engano. Não precisa ser um kid Bengala, mas um pênis de 9 cm também não vai agradá-la. Mais importante que o tamanho em si – se você estiver dentro da média de 13 a 17 cm – é a espessura do pênis. Por tanto, não adianta ter um 24 cm que mais parece uma lombriga. Mais vale um 15 cm ‘troncudão’. Quer conferir a opinião delas sobre o assunto, veja aqui.

MITO 12: O PONTO G EXISTE

O assunto gerou por muito tempo e ainda gera debate entre médicos. A verdade é que não há consenso. Algumas mulheres afirmam sentir mais prazer em um ponto na parede anterior da vagina. Por outro lado, outras não sentem nada diferente. A minha opinião é que o ponto G existe, mas ele esta mais na cabeça do que em algum lugar no órgão sexual feminino.
Fonte:http://manualdohomemmoderno.com.br/sexo/grandes-mitos-sexuais

terça-feira, 24 de junho de 2014


CDs


O CD foi uma invenção tecnológica que revolucionou a década de 80. Os discos de vinil predominavam naquela época, porém, era muito fácil danificá-los devido ao contato físico, ou mesmo pelo seu tamanho. O CD surgiu em 1979 e tinha apenas 11 centímetros de diâmetro, o que significava um sétimo de um disco de vinil. Além disso, o CD melhorou a qualidade da música, no sentindo de que não haviam mais aquelas ranhuras que se ouviam no disco de vinil. As empresas Sony e Philips apostaram na nova tecnologia, que logo tomou conta do mercado. Essa é uma tecnologia que ainda é utilizada nos dias de hoje e resistiu 30 anos. Sem dúvida, foi um avanço muito importante.

Naquela época, o modo como o CD funcionava era um mistério afinal, podia mesmo ele durar a vida toda ? Bom, os CDs são constituídos de 3 camadas : duas de um "plástico" e uma de metal no meio. Na camada do meio são gravados 0 e 1, que representam o som á ser ouvido. Era a primeira tecnologia digital à ser utilizada dentro de casa. 
                                                                                          
 Pac Man

Certamente, um dia, todos jogaram Pac Man. Esse game fez muito sucesso na década de 80. Até então, os games da época eram voltados para garotos, com temas de naves alienígenas, guerras , e outros temas. Com a chegada do Pac Man não havia mais essa distinção já que ele conquistou garotos e garotas. O game foi produzido em 1980, e à partir daí revolucionou o mercado dos games. Vários jogadores ficaram horas e horas tentando bater recordes, já que o jogo é muito viciante (rs).



Boom Box


Acredito que, assim como a escritora que escreveu essa matéria nunca tinha ouvido falar disso , a maioria dos leitores também devem desconhecer o que é uma Boom Box. A década de 80 ficou conhecida com a década da música, em geral. As  Boom Boxes surgiram como um símbolo dos guetos americanos, principalmente em Nova York, onde o hip hop se difundiu. A Boom Box era uma tecnologia que permitiu levar sua música para qualquer lugar e no mais alto volume, fazendo com que todos ouvissem a sua música. Foi a partir de tal invenção que começaram a surgir as mixagens de músicas, o botão de "Pause", o que, consequentemente, permitiu o desenvolvimento do hip hop que conhecemos hoje.

Computador Pessoal (PC)


 Pouco antes da década de 80, surgiram os primeiros computadores, que eram de um tamanho muito grande e usados apenas em empresas de grande porte. Não se imaginava que tal tecnologia fosse atingir pessoas comuns, já que na época era algo muito caro. A empresa IBM foi quem alavancou esse novo mercado tecnológico, e logo depois surgiram duas empresas que são importantes até hoje nesse mercado : Apple e Microsoft. Sistemas Operacionais também foram desenvolvidos e comercializados pela empresa Microsoft, que jamais imaginava conseguir chegar à marca da Apple. O resultado foi que muitas pessoas se vislumbraram com a nova tecnologia , e rapidamente as crianças começaram à ser o alvo dos fabricantes, que diziam ser necessário adquirir uma máquina para que seus filhos pudessem ter uma perspectiva de futuro. Não demorou muito para que as empresas arrecadassem bilhões. Os programadores da época podiam criar jogos no computador pessoal. Logo depois , a empresa Nitendo lançou os consoles , que eram só para vídeo games, eram menores e consolidou a empresa no mercado. 

Walkman


Considera a década da música, durante a década de 80 ainda surgiram mais inovações tecnológicas relacionadas a música. A empresa Sony lançou o aparelho que ficou conhecido como Walkman, que permitia que você fizesse a própria trilha sonora da sua vida. Além disso, os walkmans eram bem menores , mas eram considerados perigosos. Uma pessoa distraída ouvindo música alta poderia parar na frente de um carro. Podemos dizer que o MP3 que conhecemos hoje é "filho" do walkman, pois o princípio é o mesmo, apenas o tamanho e uso da fita é que o diferem de seu ancestral. 



Relógio Calculadora


Os relógios-calculadora não foram somente uma inovação tecnológica, mas também uma inovação de estilo. A empresa japonesa chamada Cassio, lançou o relógio-calculadora, que era uma tecnologia digital e programável na época. Mais por conta do estilo do que pela tecnologia , o item se tornou uma febre. Logo mais a empresa também lançou uma linha de instrumento musicais, que fez muita sucesso na década da música. 



Fita K7


Ainda dentro da década da música , a invenção da empresa Philips inovou a música. Era uma fita magnética, que fez sucesso na era dos Walkmans , como dito acima. Além disso, a fita permitiu a difusão da música, justamente por ser fácil de carregar no bolso e de gravar músicas nela. Logo mais, a fita VHS tomou seu lugar, pois revolucionou a marca do tempo. Não era mais preciso estar às 7 horas em casa para assistir um programa que passava às 7 horas. Bastava gravá-lo para assistir depois. Era como voltar no tempo. A fita VHS foi criada pela empresa JVC, em 1976.

Sintetizador


Os sintetizadores surgiram para revolucionar ainda mais a era da música. Através da manipulação direta das correntes elétricas, o sintetizador tornava possível criar sons jamais feitos anteriormente. Os mais "modernos"para a época (digitais) foram lançados em 1976.


Telefone Celular



Em 1973, a empresa Motorola deu o pontapé inicial para a comunicação móvel. Anteriormente, pesquisas sobres transmissão de códigos através de redes móveis foram realizadas, mas somente a partir de 1973 é que o telefone celular se tornou um objeto desejável. Ele pesava 800 gramas (quase 1kg), tinha apenas as teclas para digitar o número desejado e não possuía um sistema que armazenasse o que hoje chamamos de agenda. Ainda assim, naquela época, o celular (que mais parecia um tijolo) era um artigo muito caro, então não se tornou popular tão rapidamente. 

Não podemos negar que todas essas tecnologias , com o tempo , se tornaram obsoletas, assim como as que usamos hoje um dia também se tornarão. Hoje, podemos dizer que temos o futuro em nossa mão. 

  Praticamente, senão todas, as tecnologias que revolucionaram a década de 80 estão disponíveis na palma de nossa mão e por um preço cada vez mais acessível. A informação tem um fluxo muito rápido nos dias de hoje e nunca se desenvolveu tecnologias de maneira tão rápida. Apesar dos avanços, também existe a obsolescência , que à cada dia aumenta e toneladas de lixo eletrônico são jogadas em países como a África. Deve-se fazer bom uso de tais tecnologias, uma vez que ela agiliza os processos dos seres humanos, mas nunca deve-se deixar dominar pelas tecnologias, pois quem às fez foi um humano de carne e osso como eu e você
Fonte:http://www.interamais.com.br/2014/06/10-invencoes-tecnologicas-que.html

TALVEZ DESCONHEÇA SOBRE OS BURACOS NEGROS 1 – Eles não foram descobertos por Einstein Apesar de muita gente associar a descoberta dos ...