segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

 
critico
Por Igor Pinheiro
Você, leitor assíduo desse blog bonito de cinema, com certeza deve levar em consideração muitas das críticas que vê por aqui antes de ver algum filme… Ou não? Eu, por exemplo, gosto de ler as críticas depois, porque é muito raro eu deixar minha opinião formada antes de ver um filme ser alterada pela opinião de outra pessoa. Mas essa é uma questão muito relativa e que varia, de pessoa para pessoa e de crítico para crítico.
Fernando Mota, estudante de cinema na Universidade Federal Fluminense, não se vê influenciado por críticas quando vai assistir a algum filme. “Eu sempre pesquiso o diretor, se não for famoso, vejo o que ele já fez”, diz ele. A preocupação com o que vai além da sinopse de um filme, entretanto, não é uma coisa comum. Muita gente pensa que se uma história não te agrada em um resumo de cinco linhas, não tem motivo para te levar em uma sala de cinema.
E é aí que entra o principal papel da crítica, sem spoilers, mostrando para as pessoas o lado bom e ruim de um filme e o qualificando, como bom ou ruim, de acordo com o que a produção se propôs. Vou citar minha opinião, pode pular se quiser: eu considero Meninas Malvadas um filme extremamente bom, tão bom quanto alguns clássicos do cinema. Não me julguem, por favor, mas é porque eu realmente consigo achar o filme excelente no que se propõe. E se um longa consegue alcançar todos os seus objetivos, seu papel de bom filme está feito, ele conseguiu, não importa o gênero, a duração, o elenco… E eu acredito que esse seja o tipo de crítica que deva ser feita e que deve ser levada a sério, por mais difícil que seja.
menina
Mas é bem verdade que a opinião de críticos hoje é levada mais em consideração, muita gente se preocupa com isso e gosta de passar sua opinião para outras pessoas, recomendando ou não algum filme. Ygor de Aquino é dono do canal Blog da Sétima Arte (http://www.youtube.com/user/blogdasetimaarte) no Youtube e faz crítica em vídeos para diversos filmes. Alguns de seus comentários já fizeram pessoas desistirem e até se animarem para ver alguma produção. “Eu leio muita coisa, sites brasileiros e de fora, até mesmo por fazer as críticas… Mas se eu quero muito ver um filme, eu vou ver”, explica o vlogueiro.
É impossível negar que é uma questão pessoal, do leitor para com o filme que ele quer ver e até mesmo de sua opinião sobre o crítico que escreveu algo que pode ou não levá-lo a ver tal filme. E existem fatores maiores, como os filmes mais populares, que são um sucesso de público, mesmo quando não tão aclamados pela crítica. Tudo é muito relativo, mas não se pode negar a importância das críticas na indústria atual. Com alcance ou não, elas podem elevar ou afundar um filme, influenciando premiações e até mesmo incentivando as próprias pessoas por trás de uma produção a fazer mais… ou menos.
fonte:http://www.ccine10.com.br/afinal-para-que-serve-um-critico-de-cinema/
Postar um comentário

TALVEZ DESCONHEÇA SOBRE OS BURACOS NEGROS 1 – Eles não foram descobertos por Einstein Apesar de muita gente associar a descoberta dos ...