quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

As prisões mais confortáveis do mundo



   Enquanto aqui no Brasil as prisões sofrem por superlotação, em alguns países elas sofrem deLUXURIA. Passeando no Megacurioso eu me deparei com as prisões mais confortáveis e luxuosas do mundo, veja a seguir…

Bastoy Prison, Noruega

   Esta prisão de segurança mínima está localizada na ilha norueguesa de Bastoy. O local abriga pouco mais de 100 presos que vivem em pequenas casas e trabalham na fazenda-prisão. Lá, os detentos podem desfrutar de banho de sol, partidas de tênis, pescaria, caminhadas no campo e passeios a cavalo.
   De acordo com uma reportagem do The Guardian, educação, formação e programas de capacitação são oferecidos aos prisioneiros, que circulam livremente em toda a área do local. Em vez de celas, eles vivem em casas dentro da propriedade da prisão, limitando a propagação da subcultura criminosa e corrosiva que domina os presídios tradicionais.

Prisão e reformatório de Otago, Nova Zelândia

   A prisão e reformatório de Otago oferece quartos confortáveis para reabilitar os seus prisioneiros, ensinando-lhes habilidades de trabalho como técnicos de eletricidade, além de criação de gado leiteiro e aulas de culinária.

Centro de Justiça Leoben, Áustria

   No Centro de Justiça de Leoben, cada preso fica em uma cela, que tem banheiro privativo e uma pequena cozinha, além de TV. O prédio tem uma arquitetura moderna e impressionante, abrigando cerca de 205 condenados.
   Na área de convivência coletiva, estão disponíveis sala de musculação, quadra de basquete, biblioteca e uma área de recreação ao ar livre muito agradável. Vale ressaltar que essa prisão apenas aceita os condenados por crimes não violentos, como roubo e estelionato.

Aranjuez, Espanha

   A prisão de Aranjuez, na Espanha, é conhecida como a melhor prisão para as famílias. As crianças (de mães criminosas e nascidas na prisão) podem ficar com os pais encarcerados em uma cela mais confortável — de até 150 metros quadrados — com cama de casal, berço e banheiro privativo.
   Durante o dia, enquanto os pais trabalham ou fazem atividades profissionalizantes no presídio, os pequenos frequentam a creche e escolinha local. As crianças podem ficar com os pais na prisão até os três anos de idade, quando são enviadas para alguém da família e os seus progenitores são transferidos para celas comuns.

Champ-Dollon, Suíça

   A prisão de Champ-Dollon já teve problemas relacionados à superlotação, como as doenças e distúrbios mentais entre os detentos, sendo denunciada há alguns anos como o centro penitenciário mais superlotado e cheio de doença em toda a Europa.
   No entanto, tudo mudou em 2008, quando o governo tomou uma atitude para reverter esse quadro e investiu uma média de 40 milhões de dólares para a construção de uma nova ala, além de reformas nos outros setores já existentes. Lá, as celas têm capacidade para três prisioneiros, sendo bastante espaçosas e com banheiro privativo.

JVA Fuhlsbuettel, Alemanha

   A prisão de JVA Fuhlbuettel foi reformada e reaberta em 2011. Atualmente, as celas são espaçosas, incluindo uma cama, sofá, armário, mesa e banheiro privativo. Os prisioneiros podem lavar as próprias roupas em uma lavanderia coletiva com máquinas e também têm acesso a uma sala de conferências.

Sollentuna, Suécia

   Esse presídio em Sollentuna tem celas com colchões confortáveis ​​e banheiros privativos. Na área comum, os prisioneiros podem utilizar uma sala de musculação, ver TV em uma sala com sofás, além de preparar receitas em uma cozinha toda equipada. Para controlar o abuso das mordomias, as autoridades responsáveis pela prisão afirmam que cada centímetro quadrado do local é vigiado pelas câmeras de segurança.

Prisão Halden, Noruega

   Referida como a prisão mais humana e luxuosa no mundo, a Halden é frequentemente descrita como tranquila e relaxante. Nas áreas recreativas, há uma biblioteca completa, além de um estúdio de gravação de músicas e parede de escalada. Os presos são tratados com boa comida e café quente, e as celas possuem televisores, frigobar, banheiro privativo, além de vistas panorâmicas sobre a floresta circundante.
   Deve ser uma prisão de segurança mínima, certo? Não. A Halden é o lar de alguns dos piores criminosos na Noruega, incluindo o assassino em massa Anders Breivik, que abriu fogo contra uma multidão em Oslo, matando 76 pessoas.
Fonte: Megacurioso
Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...