sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

7 GERMES EM ALIMENTOS QUE O DEIXAM DOENTE


7 Germes em alimentos que o deixam doente
 
Anualmente milhões de pessoas no mundo ficam doentes com alimentos contaminados. Você pode reduzir o risco de ficar doente ao saber onde os germes são susceptíveis de estar à espreita. 

Aqui estão sete culpados comuns de doenças de origem alimentar, e como você pode evitá-los.
E. coli

As bactérias Escherichia coli vivem no intestino de pessoas e animais, como vacas, ovelhas e cabras. Eles são frequentemente encontrados em alimentos como carne mal cozida, leite cru e suco, e água contaminada. 

Os sintomas de uma infecção por E. coli incluem diarreia, dor de estômago e vómitos, que podem durar entre cinco e 10 dias. Para evitar infecções por E. coli, cozinhe a carne bem, lave as frutas e verduras antes de as comer ou cozinhar, e evitar o leite não pasteurizado.


Embora a maioria das E. coli sejam relativamente inofensivas, cepas como a E. coli O157:H7 podem causar diarreia sanguinolenta, insuficiência renal e até mesmo a morte.

Campylobacter

Jejuni Campylobacter é uma bactéria em forma de espiral, que cresce em galinhas e vacas, infectando-as sem quaisquer sinais de doença. A maioria das pessoas que adoecem com campilobacteriose têm diarreia, cólicas, dores de estômago e febre dentro de dois a cinco dias após a exposição. 

A diarréia pode ser sanguinolenta e pode ser acompanhada de náuseas e vômitos. A doença normalmente dura cerca de uma semana. A maioria das infecções são geralmente leves, mas a bactéria pode ser fatal em crianças muito jovens, idosos e imunodeprimidos, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. 

Formas de prevenir infecções incluem certificar-se de cozinhar a carne completamente, lavar as mãos depois de manipular alimentos crus e limpar todas as bancadas e utensílios de cozinha após o uso, e não beber leite não pasteurizado.

Listeria

A Listeria monocytogenes é uma bactéria encontrada no solo e na água, e também está presente em alimentos crus, bem como em alimentos processados ​​e leite não pasteurizado. Ao contrário de outros germes, a Listeria pode crescer e espalhar-se, mesmo nas temperaturas frias de uma geladeira média.

Os sintomas de infecções incluem febre e calafrios, dor de cabeça, dor de estômago e vómitos. Mas para algumas pessoas, a doença pode tornar-se mais grave, até mesmo fatal. As pessoas com maior risco de contrair listeriose são mulheres grávidas e seus fetos, adultos com mais de 50 anos de idade e pessoas com sistema imunológico fraco.

Para evitar infecções recomenda-se esfregar produtos como melões e pepinos com um pincel limpo de produtos e limpar toda a geladeira de sucos derramados imediatamente, especialmente sucos de carne crua, cachorro-quente e carne do almoço. Pacotes selados de fábrica e fechados de carne do almoço devem ser conservados durante o período de duas semanas, e a carne cortada não mais do que três a cinco dias na geladeira.

Vibrio

As bactérias Vibrio parahaemolyticus vivem em água salgada e são frequentemente encontradas em frutos do mar crus. Pessoas que comem mariscos crus ou mal cozidos infectados geralmente têm sintomas como diarreia aquosa com dores de estômago, náuseas, vómitos, febre e calafrios.

Os sintomas podem durar até três dias. Infecções mais graves são raras e ocorrem mais comummente em pessoas com o sistema imunológico enfraquecido. A maioria das infecções podem ser prevenidas através de uma profunda e cuidada preparação e cozedura do marisco.

Toxoplasma

Milhões de pessoas em todo o mundo carregam o parasita Toxoplasma gondii, mas muito poucos têm sintomas porque o sistema imunológico geralmente impede o parasita de causar doenças. Ainda assim, existem pessoas que desenvolvem toxoplasmose, experimentando sintomas semelhantes aos da gripe, tais como dor de cabeça, dores no corpo e febre.

O parasita também pode causar problemas graves, como danos ao cérebro, olhos e outros órgãos, para mulheres grávidas e pessoas com sistemas imunitários enfraquecidos. A maioria das pessoas desenvolvem infecções de toxoplasmose ao entrar em contato com fezes de gato que carregam o parasita, comendo carne contaminada, crua ou não preparada adequadamente, ou bebem água contendo o parasita.

Para evitar a exposição, deve cozinhar os alimentos a uma temperatura segura, ter cuidado ao manusear os alimentos, evitar beber água não tratada, e em caso de gravidez, ficar longe de gatos e lavar as mãos.

Salmonella

Salmonella é um grupo de bactérias comummente encontradas em carne de aves crua, ovos, carne, e às vezes em frutas e vegetais não lavados. Infecções por Salmonella podem causar sintomas como febre, diarreia, dores de estômago e dores de cabeça, e tendem a durar entre quatro a sete dias.

A maioria das pessoas melhoram sem tratamento, mas as infecções por Salmonella podem ser mais graves para os idosos, crianças e pessoas com doenças crónicas. Se não tratada adequadamente, a Salmonella pode espalhar-se pelo sangue para outros órgãos, podendo levar à morte.

Crianças menores de 5 anos de idade são os mais propensos a receber a salmonelose. Para prevenir a infecção, as pessoas não devem comer ovos crus ou mal cozidos, frango ou carne mal preparada. Carnes cruas devem ser mantidas separadas dos restantes produtos e alimentos. Mãos, tábuas de corte, bancadas e utensílios de cozinha devem ser lavados após tocar alimentos crus.

Norovírus

Os norovírus são vírus que causam gastroenterite, uma doença que causa inflamação do estômago e intestinos. Às vezes chamada de gripe de estômago, os vírus são normalmente encontrados em alimentos ou bebidas contaminadas, mas também podem viver em superfícies ou ser transmitidos através do contato com uma pessoa infectada.

A gastroenterite pode ser altamente contagiosa. Os sintomas incluem náuseas, dores de estômago, vómitos, diarreia, dor de cabeça, febre e cansaço, e tendem a durar alguns dias. A maioria das pessoas recuperam da doença, mas para aqueles que não podem beber bastantes líquidos para substituir o que perdem com vómitos e diarreia, pode ser necessária a hospitalização.

Para evitar ser infectado pelo norovírus, deverá lavar as mãos com água e sabão com frequência, manipular os alimentos com segurança, além desinfectar superfícies contaminadas na sua cozinha e casas de banho. [Livescience]

- See more at: http://www.receitas-online.net/2014/01/7-germes-em-alimentos-e-doenca.html#sthash.7hq1RQrQ.dpuf
Postar um comentário

VIDA SUBMARINA SELVAGEM: ROBÔS REGISTRAM “COME-COME”  NO FUNDO DO MAR Apesar de a maior parte dos  oceanos do planeta  continuar inexp...