terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Os mais antigos seres vivos na Terra

capaEm 2004, uma fotógrafa do Brooklyn, Rachel Sussman, de 37 anos viu um cedro japonês (foto acima) em que dizem rumores que ele tenha 7000 anos de idade. Tão grande foi o seu fascínio por algo tão frágil, mas que resiste a milhares de anos, que começou uma missão de investigação para fotografar organismos com pelo menos 2.000 anos de idade. O projeto chamado de “Antigas coisas vivas no Mundo”, fez com que Rachel viajasse para várias partes do mundo para descobrir muitas espécies antigas que conseguiram sobreviver até agora.
1 – La Llareta: planta nativa da América do Sul, que atinge 1,5 metros de altura e este no deserto de Akatama, Chile, estima-se que vive a mais de 3.000 anos.
3
2 – Musgos: Antártida, vivendo 2.200 anos na Terra (verde no fundo da foto).
4
3 –  Welwitschia mirabilis: nativa da Namíbia vive mais de 2.000 anos de seca extrema.
5
4 – Colônia de álamos: Fish Lake, Utah, mais de 47.000 árvores e sua idade é estimada em 80 mil anos.
6
5 – Baobá Sagole: é uma das árvores mais fortes na Terra que cresce na África do Sul. Ela está localizada na província Limporo e tem mais de 2.000 anos de idade.
7
Confira esses e outros em: http://rachelsussman.com
- See more at: http://www.meerra.com.br/os-mais-antigos-seres-vivos-na-terra/#sthash.y49iQycY.dpuf
Postar um comentário

VIAJE NA HISTÓRIA COM ESTAS 15 CURIOSIDADES ALEATÓRIAS SOBRE O ANTIGO EGITO 1 – O legado arquitetônico deixado pelos antigos egípcios é u...