terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Cientistas usam bactérias de chulé para fabricar queijo


Antes de embrulhar seu estômago, note: não foi só dos pés que eles tiraram bactérias!




Não é de hoje que, quando alguém, tem o chulé muito forte, a gente costuma dizer que o cara tem cheiro de queijo, certo?

As cientistas Christina Agapakis (americana) e Sissel Tolaas (norueguesa) se juntaram com o chef de cozinha Michael Pollan para fazer uma exposição que envolve queijos, biologia sintética e... nojeiras!

A exposição, que está em cartaz em Dublin, na Irlanda, traz 11 queijos que foram feitos com materiais que você ficaria com nojo de botar na boca.

O primeiro deles saiu do nariz do curador da exposição, Hans Ulrich Obrist. Sim! As cientistas recolheram bactérias do nariz do cara e, com elas, fez um queijo.

Elas também usaram lágrimas e até uns broscolhos que estavam dentro do umbigo do chef Pollan.

Se o seu estômago não embrulhou até agora, leia a declaração que Christina Agapakis deu para a revista Dezeen, especializada em design, e cai na real.

— Não é surpresa que, às vezes, certos odores corporais se pareçam com o cheiro de queijo, mas, quando começamos a trabalhar neste projeto, ficamos surpresos sobre como não apenas os odores eram semelhantes como, também, o queijo e certas partes fedidas do corpo compartilham móleculas odoríficas semelhantes e, também, tem populações de micróbios parecidas.

O projeto que elas criaram se chama “SelfMade” e tenta mostrar que o corpo humano é um superorganismo e que as coisas que a gente come também têm organismos vivos.

É... Isso não cheira muito bem!
Fonte:http://www.depapoproar.com/2013/11/cientistas-usam-bacterias-de-chule-para.html
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...