segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Shakes para emagrecer!

 veja os perigos que eles podem causar!

Veja por que é preciso cuidado ao tomar algum shake para emagrecer. 
Virou moda entre as pessoas insatisfeitas com seus corpos o uso de shakes e outros complementos que dizem substituir uma refeição, e que auxiliam a emagrecer (ou ganhar massa, dependendo do tipo de uso). Muita gente até tem bons resultados e realmente perde peso. Mas será que o uso desses shakes realmente é saudável para o nosso corpo? Bom, vamos falar um pouco sobre isso, mas antes vou explicar o que de fato eles são, para quem não conhece.
shake para emagrecer Shakes para emagrecer   veja os perigos que eles podem causar!

Shake para emagrecer – do que se trata?

Os produtos para emagrecer estão nas prateleiras dos supermercados, nos comerciais da TV e até nas conversas de bares onde amigos animados contam experiências incríveis alcançadas pelo consumo de um novo produto.
A ideia do shake até que é interessante. Você está naquele dia super corrido, sem tempo para comer direito ou preparar uma refeição, e aí você tem o shake que é só bater no liquidificador e sair tomando. Um dos mais famosos, como os da Herbalife, afirmam que o shake + 2 chás podem substituir uma refeição, como o café da manhã ou jantar, por exemplo.
Mas é preciso entender do que se trata, e que problemas podem acarretar para sua saúde. Para emagrecer de forma saudável o shake deve ser nutritivo, daí a importância de oferecer proteína (leite, iogurte), carboidratos, vitaminas e sais minerais (frutas, hortaliças, castanha), fibras solúveis (aveia, Goma Guar) e insolúveis (linhaça, gergelim).

Perigos dos shakes

Um teste divulgado em fevereiro deste ano, realizado pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor – Proteste, contestou os benefícios do shakes para a saúde e para a dieta, quando seu uso é contínuo. Além de não possuir a quantidade ideal de nutrientes, a bebida apresenta desequilíbrio nas taxas de vitaminas e sais minerais que possui. Segundo a Proteste, o consumo excessivo de proteína promovido pelos shakes, não deveria ultrapassar 10 a 15% do valor energético do produto, porém, em média, todas as marcas apresentam 32% de proteína.
Marcas avaliadas: Bio Slim, Diet Shake, Diet Way, Herbalife, In Natura e Slim Fast.
Nem todos os shakes fornecem quantidades suficientes de cada nutriente, o que em longo prazo, pode causar deficiências nutricionais ao organismo, como fraqueza, anemia, queda de cabelos.
Alguns shakes apresentam quantidades exageradas de fibras, que pode ocasionar desconfortos intestinais e gases. Além disso, alguns estudos, indicam que com o uso contínuo, eles podem causar até problemas hepáticos e no pâncreas.

Exercícios x shakes

Uma pessoa que substitui suas refeições por shakes e mantém seu ritmo de treino gasta suas reservas de glicose do organismo, perde massa muscular e corre o perigo de ficar desnutrida ou ter uma crise glicêmica. “Se você gasta mais energia do que consome e não tem os nutrientes adequados, fica fraco e sem combustível, daí a baixa na taxa de glicose e os enjoos típicos de quadros de sobrecarga metabólica”, afirma a especialista em nutrição da Unifesp, Eliana de Almeida.

Conclusão

Pois é, caros solteiros e solteiras, é bom se ligar nessas informações que deixamos aqui. Novamente, voltamos a afirmar que o artigo não é nenhuma campanha contra determinada empresa que vende shakes ou dietas. Simplesmente é um alerta para que sempre se procure um nutricionista ou nutrólogo antes de prosseguir a qualquer tratamento do tipo. É importante conhecer o que estamos ingerindo e principalmente seus efeitos e consequências. Além do que, somente seu médico pode lhe diagnosticar a dieta certa para seu corpo e seus objetivos após analisar seus exames.


Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...