domingo, 15 de setembro de 2013

5 ANIMAIS MUITOS BIZARROS DAS

 PARTES MAIS PROFUNDAS DOS 

OCEANOS!

 

capa
Você é acostumado a ver fotos lindas de toda a diversidade no mar. Porém no oceano profundo a história. Conheça os 5 animais muito bizarros do oceano profundo.
5 -Lula gigante
animais_do_oceano_profundo_05
lula gigante é um dos maiores animais do mundo, atingindo até 18 metros. É o maior invertebrado conhecido do mundo, é da mesma classe que o polvo e outras lulas.
Ele é um animal extremamente misterioso. Por incrível que pareça nenhuma delas foi vista com vida no habitat natural!
A maior parte do que sabemos sobre as lulas gigantes vem dos corpos de espécimes mortos que chegaram a costa ou foram puxados de redes de pescadores.
São predadores carnívoros e extremamente perigosos. Comem praticamente qualquer coisa que puderem pegar. Durante a Segunda Guerra Mundial, histórias dos sobreviventes de navios afundados falam de companheiros sendo comidos por essas criaturas na escuridão da noite. Existem até relatos de lulas gigantes pulando da água e puxando homens de pequenos barcos. A lula tem oito longos tentáculos com ventosas fortes, que usam para segurar suas presas. Um bico afiado e poderoso acaba com a vítima. A lula gigante parece ser uma refeição favorita da baleia cachalote. Elas já foram encontradas nos estômagos de baleias mortas, e muitas têm cicatrizes dos tentáculos da lula.
4 – Peixe-víbora
animais_do_oceano_profundo_04
Só pela carinha de anjo você já deve imaginar o estrago que ele faz quando em contato com sua presa. Por sorte ele só é encontrado de 80 a 1.600 metros abaixo da superfície do mar, é um dos mais perversos monstros marinhos que existem. Alguns são negros, equipados com órgãos de luz chamados fotóforos, estes órgãos são localizados em locais estratégicos – como na sua longa barbatana dorsal – e criam luzes usando um processo químico chamado bioluminescência (o mesmo que um vaga-lume).
Alguns peixes-víboras não tem qualquer cor; são transparentes. Eles também têm olhos ampliados, para poder absorver o máximo de luz possível, onde geralmente há muito pouco ou nenhuma.

3 – Tubarão-boca-grande
animais_do_oceano_profundo_03
Descoberto em 1976, é uma espécie extremamente apenas alguns foram vistos desde essa altura, com 39 espécimes capturados ou avistados (2007), existindo 3 apenas gravações em filme. Tal como o tubarão-elefante e o tubarão-baleia, alimenta-se por filtração, nadando com a sua enorme boca aberta, filtrando a água para obter Plâncton e medusas.
2 – Lula-vampiro
animais_do_oceano_profundo_02
lula-vampiro é muito gelatinosa, chegando a ser semelhante a uma água-viva, e tem os maiores olhos em proporção ao corpo de qualquer animal – podendo mudar de cor dependendo da luz.
Este é o único molusco conhecido pela ciência que é capaz de viver em profundidades de 400-100 mts em uma zona com um mínimo de dissolução de oxigênio. É pequena, cerca de 15 cm, e é coberta com fotóforos que ligam e desligam à vontade. Desligados, a lula fica completamente invisível nas águas escuras em que vive, a 900 metros.
Seus tentáculos são cobertos com afiados dentes. Um deles pode estender-se duas vezes o comprimento do corpo do animal. Quando ameaçada, ela pode formar uma teia defensiva que cobre seu corpo.
1 – Quimera do Pacífico
animais_do_oceano_profundo_01
Os biólogos foram a grandes profundidades – 2.440 metros – para descrever esse animal, que pode chegar a 1,52 metros de comprimento. Seu nariz lembra o contorno de um avião. Na África do Sul, é conhecido como “tubarão fantasma”. Um toque na sua espinha venenosa, na primeira barbatana dorsal, pode matar uma pessoa, sorte que isto é bastante improvável dada a profundidade em que ele vive.
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...