quinta-feira, 20 de junho de 2013

Explosão solar pode deixar a Terra sem Energia por 2 anos!

Evento de Carrington: Terra sem Energia durante anos
Tempestades solares são capazes de derrubar satélites de comunicação e sistemas GPS, além de expor turistas espaciais e astronautas a níveis perigosos de radiação, e até mesmo causar maciços apagões que podem deixar o planeta sem energia por até dois anos, alertou cientistas da NASA.
Uma tempestade solar, como a que aconteceu em 1859 e foi nomeada em homenagem ao astrônomo britânico Richard Carrington, poderia causar severas complicações no sistema elétrico dos países e afetar a vida de bilhões de pessoas.
O Evento de Carrington foi ocasionado após o choque de uma monstruosa CME [ejeção de massa coronal] contra a magnetosfera da Terra, causando uma poderosa tempestade geomagnética que afetou as comunicações em larga escala, devido à severa perturbação no sistema de telégrafo.
Pouco antes do amanhecer, o céu foi preenchido com tons extremamente brilhantes que puderam ser observados desde El Salvador até as Bahamas.
A aurora boreal é um dos efeitos causados pelas tempestades solares ao atingirem a magnetosfera que protege o planeta Terra.
A aurora boreal é um dos efeitos causados pelas tempestades solares ao atingirem a magnetosfera que protege o planeta Terra.
Uma CME é produzida durante grandes erupções solares e, quando orientada na nossa direção, leva em média 36 horas para atingir o planeta.
Segundo a Wikipédia:
A materia expelida é um plasma que consiste principalmente de elétrons e prótons, mas pode conter pequenas quantidades de elementos mais pesados​​, tais como hélio, oxigênio e até mesmo ferro.
cme-ejecao

O vídeo abaixo mostra a magnetosfera do nosso planeta em ação, agindo como escudo protetor durante o impacto. A vida na Terra não teria se desenvolvido sem a proteção desse campo magnético.

Já há alguns anos, astrônomos espalhados por todo o globo estão emitindo alertas sobre a nítida vulnerabilidade apresentada pelos países caso um evento similar aconteça nos dias atuais.
O professor Inglês Sir John Beddington elucidou sobre o assunto:
“A potencial vulnerabilidade dos nossos sistemas aumentou dramaticamente, tanto no que diz respeito à rede elétrica, como também a utilização do GPS, que agora está presente em praticamente todos os sistemas tecnológicos mundiais.”
Imaginem todos os aviões perdendo seus equipamentos de orientação em pleno ar; hospitais sem conseguirem utilizar nenhum aparelho eletrônico; a população desorientada sem nenhum meio de comunicação disponível.
A maior parte das cidades entrariam num estado caótico rapidamente. O que assusta é o fato de esta não ser mais uma questão de SE uma tempestade solar desse tipo irá ocorrer, mas deQUANDO ela acontecerá.
O comentário da Dra. Denise Stephenson-Hawk exprime bem a visão do corpo científico sobre os riscos de tal evento:
“O que poderia acontecer se milhares de transformadores explodissem após sermos atingidos por uma tempestade solar tão forte como a do Evento de Carrington? Seria, com certeza, um acontecimento que mudaria a humanidade para sempre.”
capa-second-carrington
Postar um comentário

MELHORE SUA ATENÇÃO: VEJA 10 ALIMENTOS QUE AJUDAM SEU CÉREBRO A RENDER MAIS Nem sempre nós conseguimos ter hábitos que nos ajudam a mant...