segunda-feira, 10 de junho de 2013

A história das canetas BIC


Práticas, baratas e populares. Esses são adjetivos das canetas BIC. Elas acompanham o crescimento da população mundial há mais de 50 anos. Com uma tecnologia inovadora, a empresa colocou no mercado uma nova maneira de se escrever, mais simples e rápida. Estão presentes desde a escola até o emprego.

Início
A marca nasce em 1945 na França, quando os amigos Marcel Bich e Edouard Bouffard compram uma fábrica que produzia peças de canetas tinteiro, as mais vendidas da época.


Canetas esferográficas 
Esferográfica
A nova e inovadora tecnologia esferográfica  - canetas com uma pequena bolinha na superfície que facilitam a escrita - começa aganhar destaques na Europa. Ao ver essa novidade, Marcel  decide comprar a patente da caneta esferográfica e começa a produzir as novas canetas. Em 1950 começam as vendas da BIC Cristal Ballpoint, a um preço muito baixo. O sucesso da caneta com esferas na ponta foi tamanha que no ano de 1952 a marca já havia vendido 21 milhões de unidades.

Nome e logotipo
Marcel utilizou seu sobrenome para criar o nome da marca, dando a empresa a denominação de BIC. O primeiro logotipo tinha apenas o nome BIC, ele foi alterado em 1952 com a introdução do 'BIC Boy' desenhado pelo designer Raymond Savignac. 
O logo atual foi criado em 1961 e desde então não sofreu alterações.
'BIC Boy' - www.taoss.com

BIC no mundo
A empresa começou a produção na Itália em 1954 e no mesmo ano, comprou a  Biro Swan - empresa de canetas britânicas - que começou a produzir os produtos BIC para Inglaterra, Austrália e Nova Zelândia. 
A marca chegou ao Brasil em 1956 e na África em 1960. Em 1965 conquistou a Ásia. Mesmo com toda o sucesso nos diversos países, a BIC via ainda certa relutância dos compradores ao adquirir a nova caneta. Por isso, ela criou o slogan 'Escreve logo de cara, sempre!' e colocou o preço de suas canetas em US$ 0,10, o que aumentou substancialmente as vendas. 


Escola e mercado
Já em 1965, a França autorizou uma lei que liberou o uso de canetas nas escolas infantis, abrindo um novo mercado, o do material escolar. O sucesso de vendas foi tão grande que no ano de 1969 a marca obteve a marca de 25% das canetas produzidas do mundo.


Isqueiro da marca BIC
Novos produtos
A empresa não queria mais produzir só canetas. Assim, a marca comprou novas fábricas e começou a fabricação de isqueiros e barbeadores. 
O novo milênio começou e novos produtos surgiram, como pilhas, baterias, etiquetas e produtos esportivos.








BIC hoje
Está presente em mais de 160 países. O lucro é estimado em 207 milhões de dólares.




Curiosidades
  • A caneta mais conhecida do mundo já esteve exposta no MoMA - Museu de Arte Moderna em Nova York.
  • Cada caneta BIC escreve de 2 a 3 quilômetros.
  • A BIC tem uma divisão que produz material esportivo aquático, a BIC Sports
  • A empresa lançou na França o BIC Phone, um celular descartável.
  • Milhares de produtos são criados em cima da caneta, como tampas com garfo, faca e colheres.
  • Milhares de teorias de conspiração apontam que as canetas são sondas alienígenas
Tampas BIC com formato de garfo, colher e faca - abajurpropaganda.com.br

'BIC Phone'

Comercial da marca BIC.
Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...