sexta-feira, 10 de maio de 2013



Os erros de português mais comuns

Falar o português de maneira errada e cometer erros na escrita podem comprometer a imagem de qualquer pessoa. Por isso, listamos os erros mais cometidos na língua portuguesa, com objetivo de tornar mais fácil sua vida ortográfica. Confira!
Errado: Fazem cinco anos que trabalho no setor (concordância verbal).
Correto: Faz cinco anos.
Errado: Vou estar enviando o documento (gerundismo).
Correto: Vou enviar o documento.
Errado: A nível de empresa (modismo).
Correto: substituir pela expressão “em relação a, se tratando de, quanto a”.
Errado: Na medida em que ganhamos mais clientes (essa forma indica causa, e não proporção).
Correto: À medida que.
Errado: O índice valorizou 10% (o verbo é reflexivo).
Correto: O índice se valorizou 10%.
Errado: Esse é o documento que preciso (regência verbal).
Correto: Esse é o documento de que preciso.
Errado: Se eu ver o colega, aviso (erro na conjugação do verbo ver).
Correto: Se eu vir o colega.
Errado: Há menas coisas (concordância nominal).
Correto: Menos coisas.
Errado: O meu resistro profissional (ortografia).
Correto: Registro profissional.
Errado: Eles reteram o documento (conjugação verbal).
Correto: Retiveram.
Errado: Deixe esse ofício para mim fazer (uso inadequado do pronome).
Correto: Para eu fazer.
Errado: Não se preocupa, vamos bater a meta (mau uso do imperativo negativo).
Correto: Não se preocupe.
Fonte: O Globo
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...