quinta-feira, 25 de abril de 2013


 Marte o Planeta Vermelho



Logo após a Terra, está Marte. Com 6.800 km de diâmetro (quase metade da Terra), ele é o segundo menor planeta do sistema solar, ligeiramente maior que Mercúrio. Apesar do tamanho diminuto, o "planeta vermelho", como é chamado, sempre foi muito admirado e estudado por cientistas, sendo talvez
 o maior alvo de teorias extraterrestres.

Órbita e Rotação


Marte orbita o Sol a uma velocidade média de 24 km/s, com uma inclinação orbital de 1,850°. 
Órbita marciana. P = periélio; A = afélio.
Em sua órbita elíptica, o ponto em que se 
encontra mais próximo ao Sol (periélio) é de 206.669.000 km, já se afélio (ponto mais 
distante), de 249.209.300 km. 
O ano marciano, o tempo que leva para
 completar uma volta em torno do Sol, equivale quase ao dobro do ano terrestre, sendo de 
cerca de 687 dias terrestres.

Já o dia marciano é extremamente similar ao terrestre, equivalendo à 24 horas e 39 minutos.

Atmosfera e Temperatura


Com uma pressão de 750 pascals, a atmosfera marciana é abundante em dióxido de carbono, composta por 95,7% deste elemento.
 O restante é dividido em: Nitrogênio (2,6%), Argônio (1,5%) e Oxigênio (0,2%), além de traços de monóxido de carbono, vapor d'água, neônio, 
criptônio, ozônio e metano.
A coloração do céu marciano é praticamente bege devido à poeira, e sua temperatura é, devido à fina atmosfera, extremamente baixa, variando entre - 36 ºC (no verão) e - 130°C (no inverno).

Estrutura Interna 

Estrutura interna de Marte

Através dos dados adquiridos da superfície marciana, os cientistas conseguiram concluir que Marte tem provavelmente uma estrutura bastante similar à estrutura do planeta Terra, com uma crosta relativamente fina, um manto de silicato (ligeiramente mais denso que o manto terrestre) e um núcleo de metal sólido composto por Ferro e sulfuretos de ferro.


Superfície


A topografia de Marte é constituída por cinco elementos básicos: planícies, crateras, montanhas, vales e vulcões.
A maioria das planícies estão ao norte do planeta, "alisadas" por camadas fluentes de lava provenientes de vulcões. Já no hemisfério sul do planeta existem planaltos e crateras semelhantes às da Lua, mas a existência de atmosfera em Marte põe limite nesta semelhança, devido à ocorrência de erosão ao longo dos anos. 
Monte Olimpo
Marte tem grande quantidade vulcões, estes variam entre grandes (com 8 à 25 km de altura) e pequenos (com menos de 8 km de altura), apesar dos grandes prevalecerem. Em Marte está o maior vulcão do sistema solar, o chamado "Monte Olimpo", de 25 km de altura
 e 600 de largura, ou seja, três vezes maior que o monte Everest, da Terra.
Quanto à vales o que detém maior destaque no planeta vermelho se chama "Valles Marineris" (os vales de Mariner; referindo-se às fotos tiradas pelas sondas Mariner).
Com 4.000 km de comprimento e 7 km de profundidade, sua extensão equivale à extensão da Europa, e o Grand Canyon não passaria de um aranhão se comparado à este gigantesco vale.


Marte é o outro vizinho da Terra, em comparação ao outro, é certamente o mais amigável à exploração humana.
Dr. Monty
fonte:http://cienciaeficcao.blogspot.com.br/2013/03/essencial-marte.html
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...