sábado, 6 de abril de 2013


Auxilio-Reclusão x Salário Mínimo

O auxílio-reclusão é maior que o salário mínimo? Vale mais a pena ser preso do que trabalhar? São perguntas que deveriam ser óbvias, mas que em tempos de Facebook e CQC, acabam por tornar-se complicadas, extremas.
Afinal, vale mais a pena trabalhar ou ser preso?
{{Crédito da foto:{link url="http://www.flickr.com/photos/mauriciosapata/8094966087/sizes/l/in/photostream/" target="_blank"} Mauricio Sapata{/link}}}
{{Crédito da foto: Mauricio Sapata}}

Por vezes somos confrontados com bizarrices tais quais:
{{Não sei o crédito da bizarrice, achei no Google e no Facebook}}
- Mas, seu Caipira safado, como raios pode um preso, a escória da humanidade, um tipinho que fez coisas MÁS, ganhar mais que o pobre trabalhador????
Calma, criança, o titio já explica… Vamos do começo. Qual o valor real do tal auxílio-reclusão? É possível ganhar mais de 4 mil reais estando preso? Vejamos o que diz o Ministério da Previdência Social, responsável pelo pagamento da bagaça:
O auxílio-reclusão é proporcional à quantidade de dependentes? 
Não. O valor do benefício é dividido entre todos os dependentes legais do segurado. É como se fosse o cálculo de uma pensão. Não aumenta de acordo com a quantidade de filhos que o preso tenha. O que importa é o valor da contribuição que o segurado fez. O benefício é calculado de acordo com a média dos valores de salário de contribuição.
Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...