quarta-feira, 28 de novembro de 2012


A troca de exoesqueleto de uma cigarra

 

O grito da cigarra pode chegar facilmente a 120 decibéis, nível danoso para a audição humana, ou pode ser inaudível para nós e mesmo assim fazer os cachorros uivarem de dor.

Depois de saírem de seus ovos as cigarras vivem um ciclo de vida debaixo da terra que dura entre 4 a 17 anos, dependendo da espécie. Em seguida elas passam por uma metamorfose deixando seu exoesqueleto para trás, como você pode ver a seguir, para se aprontarem para o acasalamento.

Seu alto zumbido é o chamado de acasalamento emitido pelas cigarras macho, pois as fêmeas não emitem som. O barulho é produzido através da vibração das membranas na parte inferior do seu abdômem.

O som é tão alto que até as cigarras precisam se protegem com uma membrana especial que se dobra para evitar que seus tímpanos sofram danos. Mesmo assim há algumas fêmeas que “explodem” por causa do barulho.








 Fonte:http://www.colmeia.blog.br/como-nasce-uma-cigarra.html
Postar um comentário

TALVEZ DESCONHEÇA SOBRE OS BURACOS NEGROS 1 – Eles não foram descobertos por Einstein Apesar de muita gente associar a descoberta dos ...