terça-feira, 9 de outubro de 2012


As estradas mais perigosas do mundo!!!!


1. A Estrada da Morte (Bolívia)

A Yungas Road, que liga La Paz a Coroico, também conhecida como Estrada da Morte tem ao seu norte – entre os quilômetros 61 e 69 – o trecho mais assustador de todas as estradas do mundo. Tanto que foi considerada, em 1995, pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento como "a estrada mais perigosa do planeta". Nesse trecho, por ano, morrem cerca de 200 a 300 , que acabam despencando montanha .
A estrada é  das poucas  que atravessam a Amazônia boliviana seguindo  a capital do país. No final de 2006, depois de 20 anos de trabalhos, uma nova estrada foi aberta ao tráfego.  com pontes, drenagens de água, pavimento, guard-rail e várias faixas. Como resultado, a Yungas Road é muito menos utilizada por  e bem mais procurada pelos bikers e viajantes aventureiros, que curtem a mata em suas trilhas.


2. Estrada de túnel de Guoliang (China)


estradas perigosas





A estrada nas montanhas Taihang, na província de Hunan, foi construída pelos moradores locais, levando cerca de 5 anos para terminar o túnel de 1200 metros de comprimento, cerca de 5 metros de altura e 4 metros de largura.

Alguns aldeões morreram durante a construção. Em 1 de maio de 1977, o túnel foi aberto ao tráfego.


3. Rota 5: Caminho de Arica à Iquique (Chile)

A estrada passa por vales profundos com ventos fortes, além de frequentemente encontrar-se esqueleto de veículos no caminho.

A paisagem é tão isolada e deserta que pode fazer com que o indivíduo tenha visões, então para se concentrar no caminho é essencial evitar qualquer tipo de substâncias alucinógenas.


A estrada liga Moscou a Yakutsk,  onde foi registrada a menor temperatura da história fora da Antártica (-89,6º C).
A estrada foi construída em cima de uma plataforma de gelo, o que faz com que casas e lojas sejam feitas em cima de  de concreto para aguentar o solo congelado. A visibilidade da estrada durante os dez meses de  é quase nula, sujeita a  pesada e muito gelo. Entre julho e agosto, as condições da estrada pioram muito, pois ela não é pavimentada – nem daria, por causa do gelo eterno – e a lama a torna (ainda mais) impossível de ser trafegada.
Há rumores de um trecho de 30 km, em que ocorre uma quantidade de acidentes inexplicáveis; os locais são suspeitos por terem uma estação subterrânea de gás o que pode provocar a dormência de motorista. Isto baseado em estatísticas e histórias de sobreviventes, que não se lembram de nada antes do acidente e agem como se estivessem drogados depois.


5. Estrada Sichuan-Tibet (China)

Na China, o número de mortes causadas por acidentes de trânsito quase dobrou nos últimos 20 anos. Uma boa parte dessa estatística vem de estradas como a Sichuan-Tibet, construída em 1950, com seus 2.412 km, que atravessa rios famosos como Dadu, Jinsha, Lantsang e Nujiang, além de 14 montanhas altíssimas – a quase 5 mil metros de altitude -, onde deslizamentos e avalanches de pedra são comuns

6. Trollstigen (Noruega)



A estrada Trollstigen sobe as montanhas de Rauma, na Noruega, e liga as cidades de Åndalsnes e Valldal. De tão tortuosa e inclinada (tem 9º de inclinação), tornou-se atração turística. Tem onze curvas apertadas ao lado de uma montanha bem íngreme. Veículos com mais de 12 metros estão proibidos de trafegar pela estrada, onde há, no topo, um amplo parque e estacionamento para que os visitantes caminhem por uma trilha com cachoeiras e curtam, numa plataforma panorâmica, a vista para a estrada.

7. Estrada Trollstigen (Noruega)

A estrada Trollstigen sobe as montanhas de Rauma, na Noruega, e liga as cidades de Åndalsnes e Valldal. De tão tortuosa e inclinada (tem 9º de inclinação), tornou-se atração turística. Tem onze curvas apertadas ao lado de uma montanha bem íngreme. Veículos com mais de 12 metros estão proibidos de trafegar pela estrada, onde há, no topo, um amplo parque e estacionamento para que os visitantes caminhem por uma trilha com cachoeiras e curtam, numa plataforma panorâmica, a vista para a estrada.


8. – Rodovia da Morte – BR-381


No Brasil a estrada mais perigosaconhecida como Fernão Dias ou mesmo Rodovia da Morte é a, mal Sinalizada e cheia de curvas perigosas, BR-381. Em menos de 2 anos morreram cerca de 278, no trecho entre BH e Valadares que tem 1.200Km de extensão.
Em 2006, no mesmo trecho, ocorreram 2.132 acidentes, com 172 mortes, o que totaliza 278 mortos em menos de dois anos. O trecho mais perigoso da rodovia é o que liga Belo Horizonte ao município de Nova Era. Neste percurso, onde há mais de 200 curvas, concentram-se 62% dos acidentes. Excepcionalmente, o que destaca a BR-381 na lista é que o maior inimigo é a imprudência dos motoristas.
  
Postar um comentário

VIAJE NA HISTÓRIA COM ESTAS 15 CURIOSIDADES ALEATÓRIAS SOBRE O ANTIGO EGITO 1 – O legado arquitetônico deixado pelos antigos egípcios é u...