segunda-feira, 3 de setembro de 2012


Isso que é sorte, achar um treco nojento que vale U$ 63,000


Dizem que sorte tem quem acredita nela, mas esta notícia vinda da Grã-bretanha mostra como alguns nascem mesmo com o rabo virado para a lua. 

O garoto Charlie Naysmith estava andando na praia de Hengistbury Head quando se deparou com um treco estranho que parecia ser uma pedra amarelada coberta de cera e pegou-a, de acordo com o jornal Daily Echo.


Com a ajuda de seus pais, ele descobriu que na verdade não era uma pedra, mas um pedaço de âmbar-gris, uma substância naturalmente vomitada ou defecada por baleias cachalotes.

Por mais repugnante que possa parecer, na verdade esta substância é realmente uma raridade em demanda para fabricantes de perfume, uma vez que ajuda a prolongar e fixar as fragrâncias. É por isso que um quilo deste resíduo de baleia é vendido por até U$ 10.000,00.

O pedaço encontrado por Naysmith foi estimado em até U$ 63.000,00 (cerca de R$ 126.000,00) mas de acordo com o seu pai, Alex Naysmith, eles ainda estão pesquisando o valor real do produto.

Assista ao vídeo com a reportagem (em inglês)


Eu já encontrei esqueletos de golfinhos, cascos de tartaruga, conchas, muito lixo e até algumas gatinhas andando pela praia, quem sabe um dia tiro a sorte grande e acho uma vomitada destas...


Read more: http://gente-estranha.blogspot.com/2012/08/isso-que-e-sorte-achar-um-treco-nojento.html#ixzz25RNnrcfN
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...