segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Os hábitos alimentares mais estranhos do mundo


Viver comendo animais mortos na estrada

Viver comendo animais mortos na estrada

Jonathan McGowan tem 44 anos e uma saúde de ferro. O segredo dele? Uma alimentação baseada exclusivamente em carne de animais mortos nas estradas. Há 30 anos.

Muito interessado por ciências naturais e agricultura, McGowan tinha o hábito peculiar de dissecar animais mortos em toda parte por onde andava: peixes nas margens de rios, faisões baleados e todo tipo de animal atropelado nas rodovias. “Sempre que cortei animais assim, encontrei carne fresca, orgânica, melhor do que as que eu tinha visto nos super-mercados. Então, eu nunca vi um problema em cozinhá-los e comê-los. ”


Abusar de doces para emagrecer

Abusar de doces para emagrecer


O professor de nutrição Mark Haub, 41 anos, da Universidade Estadual do Kansas (EUA), quis provar, usando o próprio corpo como cobaia, que é possível emagrecer se alimentando de “besteiras”. O estudioso fez um regime polémico por dez semanas à base de bolinhos recheados, salgadinhos e biscoitos. O feito lhe rendeu 13 quilos a menos e uma diminuição nos níveis de colesterol ruins e aumento nos bons de 20%.


Comer apenas Pizza

Comer apenas Pizza


Claire Simmons só come pizza há 33 anos, não porque ela quer mas por causa de uma doença chama síndrome da alimentação selectiva. Por causa disso, a pizza é a única coisa que para no estômago dela, se ela comer qualquer outra coisa ela vomita.

Para não engordar devido as calorias que uma pizza possui, Claire pratica muito exercício e ingere muita água.


Vício de Coca-Cola Diet

Vício de Coca-Cola Diet

O britânico Darren Jones, de 38 anos, que bebe 42 litros de Coca-Coca diet por semana, fará um tratamento para tentar curar seu vício, segundo o jornal "Daily Mirror".

Nos últimos dez anos, ele tomou diariamente duas garrafas de três litros. Jones começou a tomar refrigerante diet quando era adolescente, mas o hábito se tornou um vício.

Jones, que pesa mais de 220 quilos, disse que resolveu fazer o tratamento para salvar sua relação com sua  mulher, Paula Mullen, de 33 anos.

"Eu acredito que o que tenho é um vício real", disse ele, que mora em Stockport, na região de Manchester.


Comer apenas nugget de frango e batata frita

Comer apenas nugget de frango e batata frita

Uma jovem da Inglaterra está passando por sérios problemas de saúde e preocupa os médicos e a família. Desde os 2 anos de idade ela só come nuggets de frango e batata frita. Após experimentar o “alimento”,  Stacey Irvine não quis comer mais nada e sua mãe foi deixando, sem lutar para mudar os hábitos da filha. 15 anos depois e anémica, a jovem corre risco de vida e tem dificuldade para experimentar outros tipos de alimentos.

“Eu gostei tanto que era a única coisa que eu queria comer. Eu simplesmente não conseguia nem pensar em experimentar outra coisa. Mamãe desistiu de me oferecer qualquer outra coisa há anos”, admitiu.

Este é um caso extremo, mas serve para que pensemos melhor sobre qual a responsabilidade dos pais sobre a saúde e boa alimentação dos filhos. Há pais que dão o que os filhos, ainda bebés, querem, só para “evitar o problema” de educá-los correctamente quanto à alimentação.


Comer apenas Big Mac

Comer apenas Big Mac

Fast-food consumida em excesso é algo extremamente não recomendado por nutricionistas e médicos – pode causar danos a saúde. Quanto a isso, Don Gorske não está nem aí. Ele acaba de completar a marca de 25 mil Big Macs consumidos durante sua vida. E, pelo menos até agora, está perfeitamente saudável.


Comer apenas Tic Tac

Comer apenas Tic Tac

Natalie Cooper é o nome de uma menina de 17 anos que tem uma condição física misteriosa. Ela vomita tudo que engole. Atualmente ela se alimenta através de um tubo que é inserido em sua garganta onde uma fórmula especialmente desenvolvida oferece os nutrientes para que ela continue viva. O único alimento real que Natalie consegue  engolir são as balinhas Tic-Tac.


Emagrecer comendo apenas Feijão assado

Emagrecer comendo apenas Feijão assado

Depois de ser avisado de que corria risco de ter câncer de intestino, Neil King, da Inglaterra, entrou em acção. Ele não adicionou frutas e verduras em sua dieta e nem passou a fazer exercícios. Em vez disso, ele começou a comer feijão, seis latas por dia, para ser exacta. Ele come com arroz no almoço e com batata no jantar. A “dieta” o ajudou a perder 63 quilos. Não há nada especial no feijão, excepto o fato dele ser pobre em gordura e rico em fibras. Sua perda de peso provavelmente veio do fato de que parou de tomar litros de cerveja e comer refeições que incluíam salsicha e bacon.


Fonte: http://www.mozmaniacos.com/2012/08/os-habitos-alimentares-mais-estranhos.html#ixzz23SK1CH4d
Postar um comentário

MELHORE SUA ATENÇÃO: VEJA 10 ALIMENTOS QUE AJUDAM SEU CÉREBRO A RENDER MAIS Nem sempre nós conseguimos ter hábitos que nos ajudam a mant...