sábado, 18 de agosto de 2012


5 partes inúteis do corpo humano

Desde a época de Darwin, a humanidade tem conhecimento da teoria da evolução. As espécies vivem e, ou adaptam-se ao meio, ou são extintas. Assim, muitos dos animais que existiam anteriormente já não existem mais como os mamutes e os trilobitas.

Sabemos que tais animais já existiram porque deixaram fósseis que mais tarde foram descobertos pelos cientistas. Ossos e carcaças fossilizados ajudam o homem a montar o grande quebra-cabeça da história da vida na Terra.

Mas a evolução deixa outros vestígios durante seu curso. Alguns destes vestígios são os órgãos sem uso que alguns animais têm, inclusive o ser humano. É disso que esta lista se trata: órgãos humanos que já não têm função no corpo.




5. Dedos do Pé
Quando se vive em árvores, dedos nos pés servem para ajudar a locomoção, pois é mais fácil usar quatro (e às vezes, como veremos abaixo) membros para se locomover do que apenas dois. Mas dado que os pés dos humanos são utilizados apenas para dar sustentação a nosso corpo bípede, não faz sentido termos dedos nas pontas dos pés. A serventia deles, para nós, já acabou faz tempo.

4. Cóccix
O cóccix, aquele ossinho do final da coluna vertebral, nada mais é do que uma cauda residual. Nossos antepassados, ao viverem em árvores, provavelmente necessitavam de uma causa para poder ter equilíbrio e comunicação entre seus pares (cães abanam o rabo quando estão felizes, lembram?). Quando os primatas dos quais evoluímos ficaram bípedes, o velho rabo foi se tornando cada vez mais inútil, até que encolheu e ficou como está hoje. Há casos de anomalias em que pessoas nascem com cauda, mas isto é muito raro.

3. Dentes do siso
Muitas pessoas arrancam seus dentes do siso (ou juízo) ao chegar na idade adulta. São quatro dentes inúteis, mas que ainda insistem em nascer. São duas as explicações para que eles, apesar de algumas vezes doerem tanto, existam em nossas bocas. A primeira se deve ao fato da mandíbula humana ter se tornado menos que a de seus ancestrais. Apesar do tamanho inferior, os dentes de siso continuam lá, tentando crescer em um espaço que já não os acomoda confortavelmente. A segunda tem a ver com higiene. Como era comum há anos atrás, um homem com 18 anos já tinha perdido a maior parte de seus dentes. Assim, os dentes de siso cumpriam um importante papel na mastigação.

2. Mamilos masculinos

Um desavisado que estude teoria da evolução pode se perguntar: dado que o homem tem mamilos, isto quer dizer que ele evoluiu da mulher? Não, isto não é verdade. Homens e mulheres têm mamilos porque, nos primeiros estágios embrionários, todos são fetos assexuados. Só em um estado mais avançado é que a testosterona vai fazer a diferenciação sexual. Além disso, mamilos masculinos são residuais: eles podem ter um pequeno papel nas relações sexuais e um pequeno número pode chegar a lactar.

1. Apêndice
Nos mamíferos herbívoros, o apêndice é um órgão grande que serve para ajudar na digestão de grandes quantidades de alimento. Nos humanos, ele não tem nenhuma função digestiva. Biólogos acreditam que o apêndice era importante para algum ancestral humano cuja dieta se baseava em plantas. Atualmente, ele só serve para inflamar e ser operado.

Fonte: Portal Curiosidades
Postar um comentário

TALVEZ DESCONHEÇA SOBRE OS BURACOS NEGROS 1 – Eles não foram descobertos por Einstein Apesar de muita gente associar a descoberta dos ...