terça-feira, 24 de julho de 2012


Entenda: Teclado





Tenho quase certeza que você está com sua mão sobre ele agora. Errei?

Quando você observa todos os extras e as opções disponíveis nos novos teclados de computador, pode ser difícil acreditar que o seu design original tenha vindo das máquinas de escrever mecânicas, que não usavam nem eletricidade. 

Agora é comum comprar teclados ergonômicos, que se parecem muito pouco com os modelos comuns retangulares que conhecemos com teclas quadradas. Alguns modelos têm iluminação, dobram e têm partes deslizantes, outros oferecem opções para programar as suas próprias teclas e atalhos.

PRA QUE ELE SERVE?
Meio óbvio? A resposta é: SIM, sua principal função é a digitação.

Suas teclas podem capturar imagens, serem usadas para navegar na internet ou trabalhar com as janelas, no caso de um problema com o mouse, executar comandos em jogos, etc. 

A resposta certa para a pergunta do subtítulo é: “o teclado serve como um dispositivo de entrada, isto é, para o envio de dados pelo usuário, que serão interpretados pelo computador e mostrados na tela”.


E COMO ELE FUNCIONA?


Ao contrário do que muitos pensam, o teclado não é um periférico simples, nem burro. 

Ele possui um microprocessador em seu interior, que interpreta a forma como as teclas são pressionadas. 
Dentro da parte plástica do seu teclado, existem “folhas” como as da imagem abaixo.

O conjunto destas folhas é chamado de “matriz do teclado”. Dependendo do modelo, podem haver mais de duas, mas elas sempre terão aparência semelhante às folhas da imagem. Alguns fabricantes colocam uma peça de metal entre as folhas para separá-las e evitar contado entre os circuitos de cada uma, outras empresas utilizam outros materiais, e até o mesmo utilizado para as folhas que contêm os circuitos.

Quando você pressiona uma tecla, uma pequena corrente elétrica passa pelo circuito que está logo abaixo. O processador do teclado percebe o acontecido, verifica a posição do circuito em sua matriz e a letra ou comando correspondente, que consta em sua memória. 

Por exemplo, se você apertar a tecla que possui a bandeira do Windows, o chip perceberá que circulou energia no local e enviará para o PC o comando correspondente, que é a de abrir o Menu Iniciar. 


Ou seja, assim como qualquer equipamento eletrônico, o teclado interpreta impulsos elétricos e suas interrupções para gerar comandos ou caracteres na tela do seu monitor.


LAYOUT DO TECLADO

As máquinas de escrever trabalhavam com “martelos” de metal, que batiam no papel para imprimir as letras. Sabendo quais teclas eram mais usadas, elas foram dispostas de tal maneira que os pequenos martelos não acabassem batendo um no outro ou travando em algum lugar no percurso do repouso até o papel.

Assim, o padrão QWERTY foi adotado porque ele tornava a datilografia mais lenta e, com o surgimento do computador, foi também transportado para os teclados modernos, facilitando assim a adaptação dos usuários.

Se você ainda não entendeu porque se chama qwerty basta olhar para seu teclado, e verá a palavra QWERTY escrita nele.






CONEXÃO

A maioria esmagadora dos teclados que acompanhavam os computadores na década de 1990 utilizava o conector “DIN”. 

Com o tempo, os fabricantes começaram a lançar teclados que utilizavam o conector PS/2, e foram inicialmente produzidos pela IBM e acabaram se tornando o padrão usado até hoje. 

Com a evolução do equipamento, adição de teclas multimídia e comandos adicionais, os novos teclados já estão sendo fabricados com um conector USB, que torna ainda mais fácil a conexão, devido à grande aceitação do padrão em todo o mundo.



TECLADO "CHICLET"
POR UM NOTEBOOK MAIS CONFORTÁVEL E BONITO


Teclado chiclete é a gíria para um teclado de computador construído com uma matriz de pequenas teclas chatas, retangulares ou em formato de losango, que lembram borrachas ou pedaços de chiclete. O termo veio de "Chiclete", a marca comercial de um tipo de goma de mascar.
Esse teclado é simplesmente perfeito.
Eu tenho um Dell Inspiron 15r, e é incrível digitar com maciez e tranquilidade, é uma experiência totalmente diferente. Depois que comecei a usar troquei até o teclado de minha empresa.
Abaixo uma foto do meu note, é um teclado excelente, recomendo a todos este tipo de teclado.
FONTE:http://arenawm.blogspot.com.br/2012/05/entenda-teclado.html
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...