segunda-feira, 2 de julho de 2012


10 Vícios ao Volante Prejudiciais a Saúde do Veículo

Postado por Vinícius Pena

Até mesmo os motoristas mais experientes acabam adquirindo alguns hábitos prejudiciais para o automóvel ao longo dos anos. Esses hábitos geram um desgaste maior das peças do veículo, a seguir, selecionamos dez deles para que você possa conhecê-los e evitá-los.

10 – Apoiar o Pé na Embreagem

Apoiar o Pé na Embreagem
Apoiar o Pé na Embreagem
Alguns motoristas costumam apoiar o pé no pedal da embreagem para descansar e fazer trocas de marcha mais ágeis, mas fazer isso com o carro em movimento só aumenta o desgaste dos rolamentos, das molas e dos discos.

9 – Dirigir com o Braço para Fora da Janela

Dirigir com o Braço para Fora da Janela
Dirigir com o Braço para Fora da Janela
Isso impede que o motorista  seja capaz de realizar manobras de emergência com rapidez, caso seja necessário.

8 – Puxar o Freio de Mão sem o Carro parar Completamente

Puxar o Freio de Mão sem o Carro parar Completamente
Puxar o Freio de Mão sem o Carro parar Completamente
Sete em cada dez motoristas fazem isso. Mas o hábito só gera um desgaste maior nas pastilhas ou lonas do tambor.

7 – Esquentar o Veículo

Esquentar o Veículo
Esquentar o Veículo
Hoje em dia a maioria dos veículos dispensa isso. Insistir em fazê-lo só irá gastar mais combustível e sobrecarregar as bombas de gasolina e óleo.

6 – Apoiar o Pneu no Meio-Fio

Apoiar o Pneu no Meio-Fio
Apoiar o Pneu no Meio-Fio
Dificilmente alguém faz isso de propósito, mas acaba acontecendo acidentalmente. Quando isso ocorre, o composto acaba sofrendo uma pressão do tamanho do peso do veículo, favorecendo uma deformação na borracha.

5 – A Última Acelerada

A Última Acelerada
A Última Acelerada
Dar aquela última acelerada antes de desligar o carro é um hábito hereditário. Mas a verdade sobre ele é que só serve mais desperdiçar combustível e aumentar as chances de danificar o motor, pois ela irá “lavar” o óleo das paredes do cilindro, deixando os anéis e pistão funcionar sem lubrificação na próxima partida.

4 – Frear Bruscamente

Frear Bruscamente
Frear Bruscamente
Isso deve ser evitado quando se tratar de um buraco em que você já sabe que não há como desviar. Neste caso, frear bruscamente fritando os pneus não é a melhor opção, já que o recurso sobrecarrega o sistema de freios, aumentando a carga do impacto. Caso não haja mesmo como evitar o obstáculo, passe por ele naturalmente.

3 – Passar Transversalmente pela Lombada

Passar Transversalmente na Lombada
Passar Transversalmente na Lombada
Se você achou que isso era vantagem, se enganou. A verdade é que passando pela lombada transversalmente você pode acabar fechando o fluxo da vida e forçando os amortecedores, buchas da suspensão e rolamentos.

2 – Desengatar um Veículo em Circulação

Desengatar um Veículo em Circulação
Desengatar um Veículo em Circulação
Isso não ajuda na economia de combustível e ainda sobrecarrega o sistema de freios.

1 – Mão Pesando sobre a Alavanca de Câmbio

Mão Pesando sobre a Alavanca de Câmbio
Mão Pesando sobre a Alavanca de Câmbio
Essa é outra mania que deve ser evitada, já que força o trambulador, uma das peças responsáveis pela ligação do câmbio com as engrenagens da transmissão.
Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...