segunda-feira, 18 de junho de 2012

Tubarão inacreditavelmente grande deixou pesquisador de boca aberta


 
O cientista Neil Hammerschlag, professor da Universidade de Miami (EUA) e diretor do Programa de Conservação Marinho R. J. Dunlap. Essa atividade o leva uma vez a cada quinze dias para o sul da Flórida, onde ele arrasta uma linha de pesca com iscas para tubarões atrás de um barco, na esperança de que algum dê uma mordida.
No dia 27 de maio, o peso na linha indicava ou um barco afundado, um ônibus escolar, ou um tubarão monstro. Surpreso, Hammerschlag não tinha ideia do que estava prestes a presenciar, até o animal vir à superfície, deixando todo mundo sem fôlego.
O tubarão de cabeça chata monstro, um dos predadores do topo da cadeia alimentar local, tinha perto de 3 metros e cerca de 454 quilos, segundo avaliação dos pesquisadores. E um dos motivos para ser tão grande é que era uma fêmea – nesta espécie as fêmeas são maiores que os machos.
Dos mais de 1.000 tubarões que o cientista já catalogou, esse era sem dúvida o maior.
Os predadores de dentes serrilhados – como os grandes tubarões brancos e tubarões tigre – não são peixes para se brincar. Eles têm a maior quantia de testosterona no planeta, o que dá uma ideia da agressividade que podemos esperar deles.
Apesar de serem tão poderosos e muito bem equipados, eles não atacam especificamente as pessoas, que não são suas presas.
 
Segundo Hammerschlag, eles têm o equipamento para tanto, mas não a motivação. Apesar disso, são uma das três espécies de tubarão responsáveis pelo maior número de ataques fatais não provocados, de acordo com a National Oceanic and Atmospheric Administration (Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA).
Entretanto, devido ao alto valor de suas barbatanas, 73 milhões de tubarões são mortos todos os anos, o que pode estar levando a um declínio da população destes animais magníficos em alguns lugares. Não é diferente na Flórida, e a pesquisa de Hammerschlag visa descobrir a causa do declínio dos animais, e reverter a mesma.
Com um empurrão, Neil mandou o tubarão de volta para seu meio. “Este é um predador inigualável no mundo, e merece todo respeito e atenção. Se seu coração não descompassar, você não tem respeito suficiente por ele”, disse.
Postar um comentário

Lei federal cancela carteira de habilitação vencida há mais de 30 dias? Uma corrente no WhatsApp circula com uma notícia falsa que ...