quinta-feira, 7 de junho de 2012


Queda da inflação em maio garante política monetária mais flexível, diz Mantega

07 Junho, 2012



“A queda da inflação em maio dá ao governo um grau de liberdade para que o país tenha uma política monetária mais flexível, disse hoje (6) oministro da Fazenda, Guido Mantega. A inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e divulgada hoje, diminuiu e ficou em 0,36% em maio, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado, no período dos últimos 12 meses, o índice acumula alta de 4,99%.

“O IPCA de 0,36% é muito bom. Significa que a inflação anualizada em 12 meses está abaixo de 5% . Portanto, está caindo em relação ao ano passado. Isso nos dá grau de liberdade para ter uma política monetária mais flexível, com redução de taxas de juros e aumento do crédito”, disse.

Ele lembrou que o aumento do crédito não é novidade e que esse movimento deverá continuar em junho, com redução das taxas de juros. De acordo com Mantega, as medidas que estimulam o consumo e o investimento apresentaram resultados positivos no mês passado.

“Isso [o efeito positivo na economia] vai continuar em junho e portanto teremos maio e junho com taxas de crescimento muito maiores do que em abril e do que no primeiro trimestre. Então, a economia já está em uma rota positiva, com crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e do produto industrial.”

O ministro destacou ainda o crescimento das vendas no setor automobilístico e rebateu as críticas sobre os estímulos anunciados recentemente pelo governo. Para ele, são iniciativas importantes uma vez que o setor cresceu menos no primeiro trimestre e tem um peso importantes no resultado do Produto Interno Bruto (PIB).  “Agora está crescendo e vai até mais do que outros setores. Estaremos reconstituindo o crescimento.”
Postar um comentário

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...