quarta-feira, 13 de junho de 2012


quarta-feira, 6 de junho de 2012

QUEDA DO IPI FAZ PREÇO DOS USADOS DESPENCAREM

Se por um lado os carros novos ficaram mais baratos, os usado ficaram ainda mais. Mesmo com a redução do IPI, o "desconto" das concessionárias e a redução nos preços de tabela, os carros 0km não ficaram tão baratos assim. O resultado? O efeito IPI reduzido passou longe de impulsionar as vendas.




O resultado de tudo isso foi a queda brusca no preço do usado. Já escrevi em outro post, que em alguns casos a desvalorização chega até 20%. Mas é preciso cuidado na hora de trocar também por um usado. Hoje, em uma pequena e rápida pesquisa, presenciei a avaliação de um VW Gol G4 2005 1.0 pelado, que há pouco menos de um mês, foi avaliado em R$15 mil reais e agora por R$8 mil e quinhentos reais.

Um dos leitores do blog passou por uma experiência semelhante:
"Fiquei sabendo que com a redução do IPI os carros usados ficaram mais baratos, então, na melhor da intenções fui pesquisar para saber se compensava trocar de carro. Há menos de um mês, venho tentando trocar de carro e já estava por dentro do preço. Decidi voltar nos mesmos lugares que avaliei meu carro. A revenda escolhida foi a Seminovos Localiza da Vila Leopoldina. Por mais incrível que pareça, o meu carro desvalorizou e o deles não. O vendedor que nos atendeu, além de atender com má vontade, não se lembrava de mim. Olhei o mesmo carro que já tinha olhado há quinze dias e o preço continuava o mesmo. Questionado sobre o porque o meu carro desvalorizou quase 60% e o da loja não, ele ficou extremamente irritado."

Há alguns anos atrás, estive no Shopping Portal em Belo Horizonte para ajudar um amigo a comprar um Fiat Uno Mille. O carro era lindo, novinho, super bem conservado. O preço de tabela na época era de R$9.500, o carro estava sendo vendido por R$12.500. Negociamos com o vendedor e ele não deu desconto algum. Depois de desistir da compra, questionei sobre o preço, e ainda disse que ele não venderia aquele carro fácil. Ele me respondeu o seguinte: "Uma hora aparece um doido com dinheiro e compra."

Pois bem, é assim que esses caras trabalham no Brasil. É por isso que TUDO, não só os carros, mas TUDO no Brasil é mais caro. As pessoas não dão valor ao dinheiro que ganham.

Por isso é importante acompanhar sempre a tabela Fipe. Para quem não acompanha, a melhor maneira de saber o preço do seu carro antes da redução do IPI é consultando a sua seguradora, ou aquele folheto que eles enviam por correio, ou até mesmo o contrato do seguro. Lá tem todas as informações do carro, inclusive o valor.

Não se deixe enganar. Conversa de vendedor nunca é bom para o cliente. Sempre tem uma coisinha aqui, ali e quem sai no lucro é ele. É claro que nem toda concessionária é bandida e nem todo vendedor passa o pé no cliente, mas infelizmente a maioria é e passa.

Se o você tem o preço antigo do seu carro em mãos e tem como comprovar, questione até os centavos na hora da avaliação e não troque de carro até que tudo se encaixe no seu bolso. Não se apavore. Carro encalhado é o que mais tem por aí. 
Postar um comentário

VIDA SUBMARINA SELVAGEM: ROBÔS REGISTRAM “COME-COME”  NO FUNDO DO MAR Apesar de a maior parte dos  oceanos do planeta  continuar inexp...