segunda-feira, 11 de junho de 2012


Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não! +18

Nas imagens temos o que seria um curso de sobrevivência na China, mostrando cerca de dez ou doze pessoas no que parece ser um cemitério abandonado, cortando em pedaços e COMENDO um cadáver. As fotos são pra quem tem estômago forte.
Quer ver? Estão no fim do post.
A Nivea não aguentou ver até o final. Eu que já vi até cabeça de bacalhau, que consigo ver 2 girls and 1 cup tomando sorvete de chocolate, não me impressiono tão facilmente. Dei uma boa olhada e de fato, os caras estão mesmo cortando defunto em bifes.
Saca só o tamanho da alcatra:

canibales (carne humana a la olla) - fotos fuertes




Se bem que tá mais pra um coxão mole que pra uma alcatra, hehehe.



E de fato, nas fotos os caras estão ali, cortando, cozinhando e até comendo.
Daí que qualquer sacana mal intencionado pega isso e cria um problema diplomático. As pessoas pensam que Chineses comem gente. Então, vamos  por partes (piadinha infame, eu sei):
Primeiro: Esse morto aí é de verdade.
Segundo:Ele está sendo dissecado descarnificado. Verdade também.
Terceiro: Num cemitério mesmo.
Quarto: Não há montagem aqui. São fotos reais.
Mas…
Há algum Chinês aí? Não. Os caras que foram apontados como chineses são tailandeses. E são da Sawang Boriboon Foundation, que é um grupo formado por voluntários tailandeses para o atendimento de situações de emergência como acidentes, incêndios e enchentes. A fundação também participa de trabalhos de limpeza de cemitérios e preparação de cadáveres para rituais budistas. Sacou o negrito? Pois é exatamente isso que as fotos mostram. Os voluntários ajudando a limpar um cemitério, preparando o corpo do indigente para uma cremação digna.
Se há algo de bizarro que podemos criticar aqui é como alguém corta um defunto que já deve estar apodrecendo a poucos centímetros do prato de comida. Mas ainda assim, não estamos diante de um dos maiores tabus da humanidade. Os caras não são canibais.
É intrigante pra mim como que as pessoas pegam essas fotos e espalham entre elas, alegando que se trata de canibalismo.
Como que alguém pode imaginar que isso é um curso de sobrevivência, minha gente? Todo mundo de branco? Sobrevivência em cemitério? O site Hoax buster foi claro em desmentir os fatos que vem sendo espalhados no email.
Essas fotos foram feitas na cidade de Pattaya, Tailândia durante uma cerimonia budista de exumação dos corpos de indigentes, de pessoas de identidade desconhecida ou sem parentes próximos.
Os caras estão mesmo comendo nas fotos, mas não é o morto. A sugestão de que isso está acontecendo está no texto, não nas fotos. Foi um ato maldoso alegar que eles estão comendo o pobre do defunto, e isso reflete em parte o preconceito dos ocidentais contra os orientais. Tudo bem que os Chineses comem cachorro, comem animais vivos, silvestres ou não. Eles já foram acusados injustamente até de comer fetos humanos. Isso é tudo mentira. É uma generalização sacana que as pessoas incorrem por ignorância. Pensar que as pessoas comem bebês ou defuntos porque são chineses é a mesma coisa que pensar que toda brasileira é piranha.
A galera recebe, fica chocada e repassa pra todo mundo que conhece. E a ignorância vai se espalhando. O nome disso é hoax.
Não é por aí. Eu acho que antes de repassar fotos bizarras e grotescas, convém dar uma pesquisada antes para se certificar de que o fato é real.
As pessoas ficam tocadas em imaginar pessoas comendo cadáveres de semelhantes. Mas isso acontece mesmo. Não só em situações de emergência, como naquele filme -baseado no caso real – “Vivos”, ou em situações de desespero. O ser humano é em última instância um animal, é parte da natureza e o canibalismo é um mero mecanismo de sobrevivência.
O que pode ser repugnante para alguns, para outros é normal. É parte da vida. Por exemplo, existem pessoas que comem cadáveres mesmo, na Índia. Eles são tão pobres que se alimentam dos restos de carne que sobram das pessoas que são cremadas na beira do Ganges. Ocorre que famílias muito pobres não tem rúpias para comprar madeira de boa qualidade. Como resultado, o cadáver não queima completamente e esses miseráveis, que estão na sola do sistema de castas, sobrevivem da antropofagia. Em outras situações, são os Agori Saddhus que realizam o macabro ritual de ingerir restos humanos por razões religiosas.
Pessoalmente não consigo ver em que comer um ser humano possa ser tão repugnante. É carne. O ser humano se acha no direito de comer a carna dos animais, por que comer a carne de outro ser humano seria algo tão horrendo? Eu sei que o lance do tabu tem um peso forte, há também as questões ocidentais-religiosas e etc. Mas eu pessoalmente não vejo uma diferença tão grande entre comer carne de gente e comer um bife de contra-filé de boi. (o que significa que antes de atravessar a Cordilheira dos Andes num avião junto comigo, você deve pensar duas vezes, hehehe)
Aqui termina o post. Abaixo estão o resto das fotos. Só veja se tiver estômago.

3770d2b842f1d812d208a7373196005c Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
b4a0bcf242bd6e060fedd384cba6f52f Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
20a824f59601175bc955ec94cc2c076a Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
b95ddf4122e77f2b39e7e95a43347b6f Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
80cf339dc2bd9db6db345a72e49854bd Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
01a3600fe4a8c583a587cf04a16e70d8 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
7523f3ba05c7c6cc8e8fd1429078dc48 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
ce4f95c5627657be4b296d324c4d8ff9 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
0674d58efb60307e75560d8daf0e53ac Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
ae6909c41a48572747b3fe5d6b38a68d Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
083be4ab638d933e1845df6a9ad2490e Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
f0c98f443d048b756b8af65194bc6757 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
0a4f690c7daabcdeac9a3402e8eceadd Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
cce7466427a346191b6d05d89fe3d7c9 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
106b75429ad35fc53f5efc66624c9e05 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
e23046dc45b9135307d17ae2f6117bdc Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
a9b79e9b566f9db219f0fad718026bd4 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
06dbb78e348f9cdded009d6dd5c4ca07 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
5c92fb7f204244c9f924e7c8931d0cb6 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
ef84de8c8126d85bdab78d2bee00630d Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
dd20d391fd58e008ea286294d47dd61d Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
92205e46f60b8bdb1ab94d2d8dd98077 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
d99836c909e644ae3ea8f9e2705013fd Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
26b7afe6807d266ab7a0eb18b40ae5d7 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
ac636f5846378dc2621f4d4a5f30ffda Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
e6d63deb37c21b5230d69f142fd4da3a Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
1b866f8b0a29ed22b596222119c000cf Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
b600c334dddb6e595b360cc0e09aefb9 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
88e6ce93cb53c57f773c24dd600bf826 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
5363742f5f514b289cdf9fd387a762ac Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
e38957e54a5d1bf986304b7ec4f99f2a Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
03a3f6d61c166a27d2c007605de2808d Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
22fcf023f5cf53fd5ba151e11e1bcde1 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
08aebbf665158e76724457e70cbe1428 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
87ff17013f3718bc0f0c30bb1b906d28 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
5945fdbf06d54c23a6da5d0d6480ca4c Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
bea53bbbd3aa92f5aa9c672f47fc788e Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
344f78091ed12961ab4d3737e726eeb8 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
87c9b1d99e8a7ef974bb8fdcce16b4c0 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
a9c85296e2f5aacb59f5cf121e20320f Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
84e83c1cca8e76f0ea85b726d541b4c2 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
e3c82a7ef5cde0d8bcf0a52608b66436 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
2e481b7f553bbe057b60ac4f2febefc5 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
5c15a34670b7f1145e570d0e53e4441e Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
ad272710bdd7ea8b5df6e023816c1927 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
bc30add669fe489fa5b7020631a1a857 Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
be0eb977f471b34785314d1b288534ca Canibalismo: Curso de sobrevivência na China? Não!
Postar um comentário

MELHORE SUA ATENÇÃO: VEJA 10 ALIMENTOS QUE AJUDAM SEU CÉREBRO A RENDER MAIS Nem sempre nós conseguimos ter hábitos que nos ajudam a mant...