sexta-feira, 4 de maio de 2012

Animal raro de aparência desagradável


O Sapo Roxo foi descoberto em 2003 e chama a atenção pelo seu físico
De nome científico Nasikabatrachus Sahyadrensis, o sapo roxo é um raro animal que foi descoberto no ano de 2003, em Ghats, Índia - único lugar onde podem ser encontrados. Todos os membros dessa espécie têm essa coloração puxada para o roxo.
Com um físico bem estranho, sua cabeça parece pequena demais para o seu corpo. Seus olhos são bem pequenos e seu nariz um tanto incomum – o que lembra seus parentes distintos, da era dos dinossauros. Eles medem cerca de sete centímetros de comprimento, e o mais estranho: o seu coaxar parece com o som de uma galinha cacarejando.
É um animal que costuma ficar abaixo de quatro metros da terra durante o ano todo, saindo apenas nas épocas de monções – ventos sazonais, associados à alternância entre a estação de chuvas e de secas, bastante comum em regiões costeiras tropicais e subtropicais. Alimentam-se de cupins, utilizando a sua língua para pegá-los.
Esses sapos eram bastante conhecidos  da população local antes de serem descobertos pelos cientistas. Para a ciência, essa descoberta é bastante importante. Ela diz muito sobre o início da evolução dos sapos e rãs e não haveria outra forma de conhecimento, já que não existem registros de fósseis da linhagem.”
Postar um comentário

VIDA SUBMARINA SELVAGEM: ROBÔS REGISTRAM “COME-COME”  NO FUNDO DO MAR Apesar de a maior parte dos  oceanos do planeta  continuar inexp...