quarta-feira, 16 de maio de 2012


Africano de 10 anos precisa da ajuda médica para tratar pernas que pesam mais do que ele

O médico está pedindo ajuda para Vincent, Foto: Reprodução / Mirror

Médicos de uma zona rural em Uganda estão em busca de ajuda para salvar a vida de uma criança de 10 anos. Vincent Oketch sofre de uma doença rara, que deixa as pernas dele inchadas e longas, semelhantes a de um elefante.

O menino desenvolveu ainda fasceíte necrosante, infecção que causa necrose e pode ser fatal se não tratada. Segundo o jornal “Mirror”, os médicos que cuidam de Vincent acreditam que ele nasceu com um problema linfático, que provocou o inchaço e o crescimento fora do normal das pernas. A criança corre o risco de ter os membros amputados.
As pernas de Vincent pesam mais do que ele Foto: Reprodução

Os pais de Vincent identificaram o problema quando o menino tinha 1 ano de idade. Mas eram pobres demais e não tinham dinheiro para levá-lo a uma clínica. Agora, o menino não consegue mais andar e, por causa das pernas desproporcionais, não cabe em shorts ou calças. Ele tem que usar saias e vestidos.

- Ter que vestir rosa o deixa muito triste e as outras crianças riem dele - contou o pai, Tito Opoya - Ele é pequeno, mas as pernas são muito pesadas e pesam mais do que ele.
O menino não consegue caminhar Foto: Reprodução / Mirror

Isaac Osire, médico local da organização EDYAC, está tentando de todas as maneiras ajudar Vincent. Ele pede que especialistas de outros países ajudem com o diagnóstico, tratamento, e evitem a amputação das pernas do menino.

Isaac chegou a levar Vincent a um hospital em Kampala, capital de Uganda. Lá, especialistas fizeram exames e suspeitam que o menino sofre de um conjunto de doenças: problemas no sistema linfático, elefantíase e deformidade do tecido. Eles também descobriram que o inchaço afetou os ossos de Vincent, que tem um quadril luxado e tornozelos quebrados.
Vincent também está com uma infecção Foto: Reprodução / Mirror

- Estou muito preocupado com isso, porque continuamos a ouvir diagnósticos diferentes, e é difícil saber qual é o correto. Nós precisamos desesperadamente de um especialista estrangeiro que possa oferecer informações sobre o caso de Vincent - apelou Isaac - Eu quero fazer tudo o que puder para salvar esse menino e dar a ele a chance de ter uma vida normal.

- Eu sou muito grato ao Dr. Osire por tudo o que tem feito por nós - acrescemtpi o pai de Vincent.
Postar um comentário

SERÁ QUE OS OVOS DE CASCA ESCURA SÃO MAIS SAUDÁVEIS DO QUE OS BRANCOS? A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode func...