domingo, 3 de dezembro de 2017

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA

Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo? Conhecida simplesmente como “O Beijo”, ela mostra um jovem marinheiro plantando um beijo em uma moça na Times Square, em Nova York, no dia 14 de agosto de 1945 — data em que os japoneses se renderam e a Segunda Guerra Mundial finalmente chegou ao fim. Mas você sabe a história por trás dessa que se tornou uma das imagens mais icônicas do século 20?
A cena foi registrada por Alfred Eisenstaedt e batizada oficialmente de “V-Day in Times Square” — Dia da Vitória na Times Square, em tradução livre. Entretanto, apesar de a foto hoje ser reconhecida como uma das imagens mais românticas da História, ela aconteceu em uma situação nada apaixonada!

Agarrão histórico

“O Beijo” foi clicado quando multidões começaram a tomar as ruas de Nova York para celebrar a notícia de que o fim da guerra havia sido declarado. Segundo Eisenstaedt, as pessoas vinham de bares, cafés, restaurantes, cinemas etc. e, entre elas estavam Greta Zimmer Friedman e George Mendonsa, dois completos desconhecidos.
"O Beijo"
Greta era uma enfermeira de 21 anos que trabalhava como assistente de uma clínica dental em Manhattan, e George, um jovem marinheiro que, na verdade, estava em um encontro com uma moça chamada Rita Petry — que anos mais tarde se tornou sua esposa! Pois George viu Greta caminhando na rua, a tomou nos braços e plantou o famoso beijo em seus lábios — isso enquanto Rita assistia a tudo sorrindo.
Essa moça risonha ao fundo era Rita Petry!
Na verdade, mais do que um beijo, a coisa toda não passou de um “selinho” rápido, e, em vez de representar um momento romântico, ele marcou a exaltação e o alívio pelo fim do conflito. A foto foi publicada pela primeira vez na revista Time — e nem foi na capa! Mas, com o passar do tempo, a imagem acabou ganhando notoriedade e, na edição da revista de agosto de 1980, 11 homens e 3 mulheres se apresentaram dizendo ser os personagens da cena.

A dupla

Vários anos se passaram até que as verdadeiras identidades de Greta e George fossem confirmadas, e o fim da guerra foi especialmente significativo para Greta. Ela era uma imigrante austríaca que, aos 15 anos de idade, fugiu para os EUA com as irmãs para escapar do nazismo — depois que seus pais morreram durante o holocausto.
Reencontro de Greta e George décadas depois de "O Beijo" ser clicado
Segundo Greta, no dia da comemoração, ela se lembra de tudo acontecer em um piscar de olhos. Já George confessou que estava celebrando e tinha bebido uma ou outra cerveja a mais — quando viu a enfermeira passando, não resistiu ao impulso de agarrar a moça e beijá-la. A jovem nem viu o marinheiro se aproximando!
Mas ela deixou bem claro que, devido às circunstâncias extraordinárias em que a coisa toda aconteceu, nem passou pela cabeça dela associar a situação a um ato de violência sexual. Infelizmente, Greta faleceu no dia 8 de setembro de 2016, aos 92 anos por conta de complicações relacionadas à idade avançada. No entanto, a cena que ela viveu há mais de 70 anos permanecerá para sempre imortalizada em nossa memória.
fonte:https://www.megacurioso.com.br/historia-e-geografia/100339-conheca-a-historia-por-tras-de-um-dos-beijos-mais-famosos-do-planeta.htm?utm_source=megacurioso.com.br&utm_medium=internas&utm_campaign=ultimasnoticias

5 PESSOAS INFLUENTES QUE NEM MESMO EXISTIRAM

extremamente influentes nem sequer existiram. Duvida? Então saiba a seguir quem são algumas delas:

1 – Papai Noel

Quando todos os argumentos pedagógicos possíveis simplesmente não funcionam mais, quando os conselhos da Supernanny não resolvem, quando a teimosia de uma criança chega a um ponto quase insuportável, não tem jeito: é preciso apelar para o Papai Noel.
O fato é que o Bom Velhinho não raramente é usado como apelo por mães e pais desesperados na hora de fazer com que uma criança pare de fazer manha no meio do supermercado – “se não se comportar, Papai Noel não vem neste ano”. E depois das palavras mágicas, vinham os minutos de calmaria.

2 – Barbie

Por isso é importante que novas bonecas, de padrões mais humanos, sejam colocadas no mercado. É infinitamente grande o número de meninas que crescem se espelhando na famosa Barbie, cujo maior atrativo é certamente a beleza.
Uma das provas disso é o número de mulheres que, quando chegam à fase adulta, passam por procedimentos cirúrgicos para se tornarem versões humanas da boneca. Isso sem contar em tendências de moda, profissão e comportamento – sim, tudo isso pode ser repassado por uma “simples” Barbie.

3 – O cara do Marlboro

Talvez você seja jovem o suficiente para nunca ter visto uma propaganda de cigarro na TV, mas nem sempre foi assim. Antes de descobrirem os malefícios do fumo, médicos chegavam a incentivar o tabagismo, acreditando que era uma forma de relaxar – até é, mas o preço para isso é muito caro. O fato é que a imagem que você vê acima teve muita influência, muita mesmo, principalmente entre os homens.
A imagem de um homem viril, aventureiro, corajoso, descolado e independente era mais reverenciada ainda quando esse mesmo homem estava acendendo um cigarro. Além do mais, foi o cara do Marlboro quem ensinou o público masculino a fumar cigarro com filtro – antigamente, filtro no cigarro era “coisa de mulher”.
Especialistas em comunicação e publicidade não têm dúvida: eis uma das melhores campanhas de todos os tempos. Pode não ter sido para uma boa causa, mas a marca conseguiu praticamente dobrar seu público em questão de meses, apenas masculinizando o ato de fumar cigarros com filtro.

4 – Rosie the Riveter

Talvez você não conheça a imagem acima pelo nome, mas com certeza já a viu em algum lugar. Um dos símbolos da luta feminista, Rosie foi criada justamente para incentivar mulheres a trabalhar, especialmente durante a Segunda Guerra Mundial, quando faltavam trabalhadores em diversas fábricas norte-americanas.
O cartaz é de 1941, e foi feito por J. Howard Miller, que se inspirou em uma mulher de verdade para produzir a imagem. A musa, Geraldine Dolye, só soube disso em 1984, quando leu sobre Rosie em uma revista. E sim, mulheres, vocês podem.

5 – Romeo e Julieta

Você não precisa estudar muito da literatura e do teatro inglês para saber que Romeo e Julieta são dois personagens de Shakespeare. A história do casal, envolvendo conflitos familiares, muito amor e um fim trágico também é mundialmente conhecida.
Nesse sentido, tanto Romeo quanto Julieta estão na lista por influenciarem muito os conceitos de romantismo moderno e do que seria o “relacionamento perfeito” – exceto pelo final trágico, é claro. Jamie Frater, que colocou os dois nesta lista do Listverse, chega a dizer que os pombinhos são culpados pelo grande número de divórcios pelo mundo. Será que é para tanto?
Para ele, casais apaixonados buscam um casamento idealista, baseado inteiramente em paixão e romance. Frater acredita que essas pessoas são capazes de terminar um relacionamento assim que o romance se apaga um pouco – o que, convenhamos, é normal com o passar do tempo. De acordo com o próprio Frater, o que mantém um relacionamento ao longo dos anos não é paixão ou romance, mas amor, respeito e gentileza. Você concorda? Será mesmo que esses dois personagens enfiaram caraminholas em nossa cabeça esse tempo todo?
fonte:https://www.megacurioso.com.br/personalidades/71621-5-pessoas-influentes-que-nem-mesmo-existiram.htm?utm_source=megacurioso.com.br&utm_medium=home&utm_campaign=tv

sábado, 2 de dezembro de 2017

O PADRE ESTRIPADOR QUE FOI CONDENADO À MORTE E CHOCOU A IGREJA

Hans Johannes Schmidt nasceu em 1881, na pequena cidade de Aschaffenburg, na Alemanha. Desde cedo, sua família viu com bons olhos a intenção do garoto em ser padre: uma de suas brincadeiras preferidas era se vestir como tal e celebrar missas no quintal de casa.
Sua mãe o incentivava e chegou até a fazer uma gola branca, igual à usada pelos ministros da fé. Dessa forma, o destino de Hans já estava traçado, levando-o ao seminário na adolescência.
Porém, essa não era a única paixão do jovem. Ele passava muito tempo sentado em um matadouro da cidade assistindo ao abate de animais. Só muito tempo depois se descobriu que Hans sentia excitação com cenas de agressão.

Os problemas com o sacerdócio

Hans Johannes Schmidt
Aos 25 anos, ele foi ordenado padre e colocado em uma igreja da região. Mas sua primeira experiência não foi bem-sucedida: ele não se deu bem com os seus superiores e foi enviado para outra igreja, o que se repetiu ao menos quatro vezes.
Na quarta igreja pela qual passou, Hans ainda foi acusado de falsificação e chegou a ser levado ao tribunal. Entretanto, o juiz aceitou as alegações do jovem padre, que afirmou sofrer com distúrbios psicológicos. Como punição, ele foi suspenso do sacerdócio.
Com a ajuda dos pais e o dinheiro que havia extorquido de fiéis fervorosos, ele decidiu se afastar e se mudou para o Kentucky, nos Estados Unidos. Usando cartas de recomendação falsificadas, ele logo conseguiu uma colocação em uma paróquia da região.

O romance proibido

Não demorou muito para que Hans entrasse em conflito e fosse transferido para outra igreja, dessa vez localizada em Manhattan, Nova York.
Foi nessas circunstâncias que ele conheceu uma funcionária do local, a jovem Anna Aumuller, de 21 anos. Ela era austríaca e havia se mudado para o país em busca de trabalho. Mesmo sendo proibido, os dois se envolveram amorosamente.
Hans e Anna
Sem se preocupar com responsáveis pela igreja, o casal manteve o relacionamento por anos e, em determinado momento, foram descobertos. Anna foi despedida e Hans, novamente, foi transferido.
Mesmo afastados da paróquia, eles queriam provar que para o amor não há barreiras. Assim, decidiram se casar e o próprio Hans foi o responsável pela cerimônia improvisada.

O assassinato a sangue frio

Em 1913, Anna estava radiante e foi logo contar a novidade a Hans: estava grávida. Entretanto, o futuro pai não ficou feliz com a notícia, já que esconder um casamento era fácil, mas um filho, não.
Sem pensar duas vezes, no dia 2 de setembro, Hans chegou no apartamento em que Anna morava e a decapitou usando uma enorme faca de cozinha. O padre ainda serrou seu corpo, embrulhou as partes em fronhas e as atirou no rio Hudson.
Hans chegou no apartamento em que Anna morava e a decapitou usando uma enorme faca de cozinha. O padre ainda serrou seu corpo, embrulhou as partes em fronhas e as atirou no rio Hudson
Apenas três dias depois do bárbaro crime, dois jovens que passavam ao longo da margem do rio viram uma fronha boiando na água e, por curiosidade, resolveram verificar. Assim que se depararam com partes de um corpo, chamaram a polícia. Os oficiais logo identificaram que o cadáver pertencia a uma mulher na faixa dos 30 anos e que estaria grávida.
Ao investigarem as fronhas encontradas no crime, conseguiram chegar à fábrica que as produziu e, por seus bordados únicos, a quem havia feito a compra: Anna Aumuller.
No apartamento da vítima, foram encontradas muitas manchas de sangue pelo chão e paredes. Foi o senhorio de Anna que contou aos agentes que a jovem vivia ali e que havia se casado pouco tempo antes.
Eles ainda descobriram que o último trabalho de Anna tinha sido na igreja em St. Boniface. Lá, os responsáveis da paróquia disseram aos detetives que ela havia sido demitida por se envolver com um padre, que naquele momento estava em Manhattan.

Cerco fechado

Procurado pelos policiais, Hans acabou se entregando: não só confessou o crime, como contou detalhes sobre as suas falsificações, que envolviam inclusive um diploma de Medicina, profissão que exercia sem permissão.
Levado novamente a tribunal, Hans tentou repetir a tática e alegou ter distúrbios psicológicos. O júri se dividiu: metade queria uma punição pesada, enquanto a outra parte não aceitava a ideia de prender um padre, acreditando que ele realmente sofria de alguma doença mental. 
O juiz, ciente de todos os crimes cometidos por Hans, o condenou à morte. No dia 18 de fevereiro de 1916, Hans se sentou na cadeira elétrica na prisão de Sing Sing.

Novas descobertas

Os policiais ainda viriam a descobrir um apartamento secreto do padre, onde ele guardava uma máquina de falsificar dinheiro e uma série de manuscritos que envolviam planos de assassinatos em série.
Em uma igreja de Louisville, onde Hans tinha ficado por um curto período, o corpo de uma menina de 9 anos foi achado desmembrado. Outro caso, que na época estava sem solução, foi ligado ao padre: uma garota havia sido encontrada morta perto da casa de Hans.
A cada descoberta os oficiais se espantavam mais: quantas pessoas foram mortas nas mãos do padre? Essa questão nunca foi respondida.
fonte:https://www.megacurioso.com.br/bizarro/100616-o-padre-estripador-que-foi-condenado-a-morte-e-chocou-a-igreja.htm?utm_source=megacurioso.com.br&utm_medium=home&utm_campaign=tv

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

JOVEM MIRA NA ANGELINA JOLIE, FAZ 50 CIRURGIAS E VIRA A NOIVA CADÁVER


Cirurgias extremas para mudar a aparência não são novidade no mundo e nem aqui no Mega: já mostramos a mãe que não reconheceu o filho, as turistas barradas, a mulher que queria lábios gigantes... Esses procedimentos envolvem muito risco, como o que quase tirou a vida do Ken humano brasileiro. E enquanto alguns querem ficar a cara de celebridades, outros assumem que querem ficar o mais artificial possível.
A novata nessa lista é uma iraniana chamada Sahar Tabar, de 19 anos (ou 29, já que as informações são desencontradas), que queria ficar a cara da Angelina Jolie. Segundo relatos da imprensa turca, Sahar já teria passado por mais de 50 cirurgias plásticas em busca de um rosto parecido com a musa norte-americana. O resultado, porém, assustou os internautas. Veja:
Sahar
Sahar aparentemente não está se importando com os críticos: a ideia de se tornar popular deu muito certo, já que sua conta no Instagram possui mais de 283 mil seguidores, mesmo tendo apenas 32 fotos!
Entre os comentários mais ácidos está a comparação de que Sahar mirou na Angelina Jolie, mas acertou na Noiva Cadáver. O pior é que ela realmente ficou mais parecida com a personagem de animação criada por Tim Burton em 2005 do que com a multitalentosa atriz hollywoodiana. Confira:
Sahar Tabar

Outro detalhe que assusta os seguidores de Sahar é a sua magreza: aparentemente, ela pesa apenas 40 kg. Ainda que sua estatura não seja das maiores, essa é uma marca impressionante! Imagens de antes das cirurgias mostram que a jovem tinha uma aparência muito mais saudável.
Sahar TabarFONTE:https://www.megacurioso.com.br/estilo-de-vida/104843-jovem-mira-na-angelina-jolie-faz-50-cirurgias-e-vira-a-noiva-cadaver.htm?utm_source=megacurioso.com.br&utm_medium=home&utm_campaign=tv

Revista Sexy Novembro 2017 Cássia Mello

revista sexy novembro cássia mello

Cássia Mello nua na Sexy de novembro. A índia mais gostosa da tribo é a grande vencedora do concurso Garota Sexy Clube.

Um fato chama a atenção nesse ensaio: toda a produção indígena é da própria modelo, que é índia e nasceu em uma tribo. “Usei o cocar que ganhei da minha avó, no dia das fotos a emoção tomou conta de mim, realizei meu sonho”, conta a campeã do concurso Garota Sexy Clube, Cássia Mello, que fotografou em Ubatuba, na praia do Félix, localizada no litoral Norte de São Paulo.
O que você faz para se cuidar?
Faço dieta e musculação. Às vezes, dou umas escapadas, não sou de ferro, rs.
É o seu primeiro ensaio nu?
Sim.
Que tipo de homem te atrai?
Cavalheiros, educados, que tenham caráter e sejam verdadeiros.
O que não pode faltar no sexo perfeito?
As preliminares e o beijo.
O que você faz pra impressionar o cara?
Jogo meu olhar atraente deixando ele enfeitiçado.
Tem alguma fantasia?
Sim, fazer sexo em um avião. Detalhe, com o comandante, rs.
Rola cama no primeiro encontro?
Depende muito do momento e da carência.
O que te ajuda a gozar?
Tenho uma tara de pensar que ele tá pegando outra. Aí eu chego e fico escondida vendo. E que eu estou com outro e ele fica me vendo também, rs. Isso me ajuda a gozar muito rápido.
Entre quatro paredes vale tudo?
Nem tudo. Temos que fazer o que nos dá prazer independentemente do que possa ser. Mas que os dois concordem e curtam juntos.
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
cássia mello nua sexy novembro 2017
FONTE:http://www.seujeca.com/revista-sexy-novembro-cassia-mello/

CONHEÇA A HISTÓRIA POR TRÁS DE UM DOS BEIJOS MAIS FAMOSOS DO PLANETA Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo?...