Cada vez mais comum ouvirmos alguma pessoa reclamar do cansaço excessivo, não é mesmo? O fato é que a falta de energia parece ter virado uma grande epidemia, capaz de transformar os seres humanos modernos em pessoas cansadas, irritadas e sem disposição para nada. Na verdade, alguns hábitos podem ser os responsáveis por nos deixar cansados demais. Descubra alguns deles a seguir – talvez assim seja possível resolver o problema:

1 – Perfeccionismo

Se você é uma pessoa que procura fazer tudo sempre de maneira impecável, está na hora de entender, de uma vez por todas, que você não é e nunca será um ser humano perfeito. E a explicação para isso é simples: perfeição não existe.
Pessoas que tentam ser excelentes a todo momento acabam ficando sem energia e, obviamente, cansadas. Isso se dá pelo fato de que um indivíduo que quer fazer tudo com perfeição pensa minuciosamente antes de tomar as decisões mais simples, e é justamente essa sobrecarga de decisões que acaba prejudicando a qualidade do sono, o bom humor e, logicamente, a disposição.
“Indivíduos perfeccionistas tendem a sempre se preocupar se estão ou não fazendo a coisa certa, fazendo a coisa bem o suficiente, questionando a si mesmos constantemente”, explica a professora Irene Lavine, da Universidade de Medicina Langone, de Nova York.
O problema, de acordo com Irene, é que os perfeccionistas demoram mais para terminar uma tarefa, com medo de que possam estar fazendo alguma coisa errada. A consequência disso é que as pessoas acabam ficando cansadas demais, com a sensação de que não fizeram nada do que deveriam ter feito. A sensação de que nunca terão sucesso pode provocar depressão e transtorno de ansiedade, por isso é preciso procurar ajuda, caso sua busca por perfeição esteja atrapalhando sua vida.

2 – Excesso de cafeína

Para muitas pessoas, uma xícara de café parece ser a solução para problemas de sono, falta de criatividade, nervosismo e por aí vai. Na realidade, por mais controverso que pareça, beber café demais pode deixar você com uma sensação forte de cansaço.
A cafeína é uma substância estimulante que, quando ingerida, faz com que o cérebro produza adrenalina e cortisol, hormônios ligados ao stress. No final das contas, beber café ou chás que contenham cafeína acaba por fazer com que o corpo reaja como se estivesse diante de um perigo eminente.
De acordo com a nutricionista Marilyn Glenville, ingerir uma xícara de café ou chá faz com que a pessoa se sinta energizada e alerta. Doses acima disso já desregulam os níveis de açúcar no organismo, e a sensação de cansaço toma conta. O que acontece na sequência? A pessoa toma outra xícara de café e o ciclo continua sem pausa.
Por mais bizarro que pareça, se você for uma pessoa que bebe muito café com a desculpa de que precisa ficar acordada, saiba que, a longo prazo, deixar de consumir a bebida pode fazer com que você tenha mais disposição.
Como cafeína é uma substância que causa dependência – tem gente que fica com dor de cabeça se não toma café –, o ideal é deixar de consumir a bebida aos poucos.

3 – Carboidratos

Ainda que você saiba que carboidratos são os alimentos que nos dão energia, na verdade não é bem assim que funciona – exceto pela parte das calorias. Macarrão, pão e arroz, por exemplo, fazem os níveis de açúcar no sangue atingirem extremos altos e baixos, o que nos deixa cansados, irritados e de mau humor.
Se a maior parte da sua dieta é constituída de carboidratos brancos, alimentos congelados e processados, está na hora de repensar algumas atitudes, não é mesmo?
Além do mais, quem se alimenta com uma dieta rica em carboidratos e pobre em alimentos saudáveis e naturais acaba com deficiência de nutrientes, que é algo que também provoca cansaço. A solução? Frutas, vegetais, alimentos integrais e todas as coisas que você sabe que fazem bem ao seu corpo, mas que prefere continuar não comendo.

4 – Período menstrual

Muitas mulheres têm dificuldades para dormir por causa da menstruação, especialmente durante a fase pré-menstrual, conhecida por provocar variações hormonais significativas.
Há mulheres que não conseguem dormir, assim como há as que sentem sono demais e, inclusive, as que apresentam outros distúrbios e acabam andando durante o sono ou tendo pesadelos fora do comum. Nesses casos, o ideal é procurar um ginecologista, que pode receitar o anticoncepcional mais adequado e acabar com o sofrimento.

5 – Falta de proteína

De acordo com a nutricionista Nicola Shubrook, da UrbanWellness, uma clínica de Londres, a falta de energia que muitas pessoas sentem algumas horas depois do almoço pode ter a ver com o fato de que elas não estão consumindo proteína o suficiente.
Ela explica que isso acontece porque a proteína demora mais para ser quebrada no organismo e a energia que essa quebra proporciona é liberada lentamente. O fato é que a falta de proteína também desequilibra os níveis de açúcar na corrente sanguínea e, como você já deve ter entendido, essa montanha-russa de glicose nos deixa com uma sensação forte de cansaço.
O ideal é consumir uma quantidade de proteína que caiba na palma da sua mão. Pode ser carne, mas pode ser também um mix de sementes e castanhas, soja, tofu, ovos e legumes em geral. Se você é adepto de uma dieta vegetariana ou vegana, não deixe de procurar orientação nutricional, afinal não basta apenas deixar de comer carne – é preciso consumir nutrientes que substituam esse alimento.