1 – Você vive querendo comer alguma coisinha

Sentir a necessidade constante de “beliscar” alguma coisa, especialmente carboidratos e doces, é algo que pode ter relação direta com uma baixa qualidade de sono. Isso acontece porque, ao dormir pouco, nosso corpo produz mais grelina, um hormônio que nos dá fome e vontade de comer coisas doces, gordurosas e com carboidratos.
Não é só isso: dormir mal reduz a nossa produção de leptina, que é o hormônio que nos dá sensação de saciedade. Entenda: se o cérebro não obtém energia através de um sono renovador, ele vai fazer com que você coma mais.

2 – Sua energia fica em alta lá pelas 21h30

Você sente sono o dia inteiro e faz promessas de que vai dormir mais cedo, certo? Até aí, tudo bem. O problema é que quando você pensa em deitar, lá pelas 21h30, o sono desaparece e você não consegue dormir. Isso acontece justamente porque você pensa em sua cama o dia todo e, só de chegar perto dela, já se sente menos cansado e aí resolve fazer outras coisas que não dormir. A consequência? Mais uma noite de pouco sono.

3 – Você se deprime e se irrita com facilidade

Um cérebro cansado e que dorme menos do que precisa é 60% mais influenciável por imagens e fatos negativos e perturbadores, sabia?

4 – Suas habilidades motoras não andam lá muito eficientes

A privação de sono não afeta apenas a mente e o seu lado psicológico, mas também faz com que sua coordenação motora fique comprometida. Só para você ter ideia, dormir mal e por menos tempo do que o necessário tem os mesmos efeitos de tomar um belo porre.

5 – Sua pele não anda muito bonita

Se ter uma pele saudável é algo que importa para você, talvez esteja na hora de dormir melhor. Dormir pouco é algo que faz com que sua pele pareça mais velha do que realmente é, já que ela fica menos firme e hidratada e tende a ter estruturas de colágeno quebradas por conta disso.

6 – Você não sente muita vontade de fazer sexo

A privação do sono é uma grande assassina da nossa libido, e depois de um tempo dormindo mal, nem conseguimos mais pensar direito em fazer sexo – a única coisa que queremos fazer na cama é dormir. A coisa é ainda pior para os homens, já que dormir pouco reduz a produção de testosterona.

7 – A criatividade parece ter ido embora sem hora para voltar

Ter ideias criativas, seja lá para qual finalidade, depende de diversos recursos cognitivos, e quando estamos dormindo mal, essa parte cognitiva do cérebro também paga o pato. Com menos potência mental, acabamos não conseguindo ter ideias inovadoras, boas e divertidas e acabamos recorrendo aos clichês de sempre. Triste.

FONTE(S)