segunda-feira, 30 de abril de 2012

As águas cristalinas do rio Verzasca
O Rio Verzasca fica no Ticino, parte italiana da Suíça, tem 30 km de extensão e é conhecido internacionalmente pelas belas águas azul-turquesa, e das pontes históricas que o emblezam ainda mais, mas até agora ninguém tinha ido tão fundo (literalmente) para fotograr o rio.
Foi então que o fotógrafo Claudio Gazzaroli resolveu mergulhar nas águas deste rio suíço para tirar fotos a partir do seu fundo, capturando imagens impressionantes. Veja como ficou:


O uso de cocaína e suas consequências: comunicação buco sinusal

segunda-feira, 30 de Abril de 2012


uso de cocainaSegundo relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês), apesar dos avanços feitos pelo Brasil  na área do tratamento em dependentes químicos, o consumo de cocaína a crack no país vem aumentando. Além dos riscos já amplamente conhecidos  do consumo da droga, existe outro que pode causar graves problemas: a comunicação buco-sinusal.

Para transformar a pasta de coca no pó de cocaína é preciso fazer uso de produtos como éter, ácido sulfúrico e gasolina. No momento do consumo, o contato da droga com a mucosa pode causar isquemia e ulceração. O uso contínuo pode levar à necrose da mucosa, do osso e da cartilagem do nariz.

Outras complicações do uso da cocaína incluem rinite crônica, sinusite, sangramento nasal, ossificação ou necrose do septo nasal e em casos raros a perfuração do palato. No caso visto na imagem abaixo, um paciente com 25 anos de idade e usuário há 5 anos, apresentava regurgitação da comida pelo nariz e foi descoberta esta enorme perfuração.
buco-sinusal buracao
Com o tempo o consumo da droga pode causar a destruição e a perfuração do septo nasal, das coanas e das paredes dos seios nasais. A vezes este “buraco” entre a boca e o nariz pode ser aberto em poucos meses. A imagem abaixo mostra uma úlcera crônica com 15x17 mm em uma mulher com 48 anos. A perfuração evoluiu para este estado em apenas 2 meses. A paciente, que fazia uso de cocaína há 1 ano, já apresentava a ausência do septo nasal.
buco-sinusal mexico
Um paciente com 36 anos sentiu que em duas semanas uma perfuração em seu palato duro estava lentamente aumentando. Ele era usuário de cocaína e o defeito já tinha cerca de 3 milímetros de diâmetro.
buco-sinusal menor
A imagem abaixo mostra uma perfuração no palato mole de um paciente com 42 anos, usuário de cocaína.
buco-sinusal palato mole
As imagens abaixo mostram o tratamento feito para o fechamento de lesões no palato mole de duas mulheres, com 25 e 42 anos respectivamente. Os defeitos apresentavam algum grau de erosão do palato duro associado mas sem perfuração septal.
buco-sinusal aberto
buco-sinusal fechado

Fontes: The New England Journal of Medicine, Medicina Oral, Patología Oral y Cirurgía Bucal, BDJ, SBCP

Conheça as candidatas a gata da Fórmula Indy



























Perigos do oceano


Lista dos mais perigosos animais que vivem nas profundezas:

Peixe Leão

Apesar do belo peixe ser um popular animal de estimação, os espinhos presentes no dorso do animal contêm um veneno extremamente tóxico que provoca fortes dores de cabeça e vômitos. A espécie é nativa dos oceanos Índico e Pacífico.

Peixe Pedra

A aparência do Peixe Pedra é um ótimo disfarce para o animal, já que ele pode ser confundido com o solo dos oceanos. Isso faz dele ainda mais perigoso, já que nadadores e mergulhadores inexperientes podem pisar no animal sem perceber e infectar-se com o veneno presente em seus espinhos. Vítimas do veneno disseram que a dor é tão agonizante que preferiam ter o membro amputado do que suportar a dor por mais tempo. Esses peixes vivem nos oceanos Pacífico e Índico.

Vespa do Mar

A maioria dos salva-vidas da Austrália usam proteções nos braços e nas pernas para impedir que, ao entrarem no mar, encostem em uma água-viva mortal, popularmente conhecida como Vespa do Mar. Há quem diga que este é o animal mais venenoso da Terra. Além da morte, o veneno causa dores agonizantes e vômito.

Arraia

Os humanos sempre souberam que as arraias são animais perigosos. No entanto, foi somente após 2006, com a morte de Steve Irwin, o 'caçador de crocodilos', cujo coração foi perfurado pelo espinho envenenado de uma arraia, que uma maior atenção foi dedicada para o trato desses animais. Apesar desse fato, as arraias não são animais agressivos, elas só atacam se provocadas. O veneno causa intensa dor, suor excessivo e infecções.

Polvo de Anéis Azuis

O Polvo de Anéis Azuis pode parecer inofensivo. Mas não se engane com a inocente aparência do animal. O veneno dele intoxica o sistema neural e causa paralisia, podendo levar à morte. O animal não é muito grande, já que mede até 20 polegadas. Como não há antídoto para o veneno, é melhor evitá-lo.

Tubarão Branco

Com uma arcada dentária afiada e mandíbulas poderosas, o Tubarão Branco não precisa dar mais que uma mordida para arrancar uma perna ou braço. Apesar dos tubarões serem perigosos, eles não atacam os humanos do jeito que os filmes de ficção mostram. Na maioria dos casos, os tubarões confundiram os humanos com outros animais. Cerca de 75% dos acidentes envolvendo humanos e o Tubarão Branco não são fatais.

Tubarão Tigre

Apesar do Tubarão Branco ser mais notório que o Tubarão Tigre, é do último que você deve ter mais medo. Esse peixe gigante come qualquer coisa que suas mandíbulas alcancem. Relatos de pescadores afirmam ter encontrado pedaços de barcos e placas de carro no estômago desses animais.

Serpente do Mar

Apesar do veneno da Serpente do Mar poder causar muitos estragos em quem for picado, como efeitos permanentes no sistema nervoso, o animal não é agressivo. Ele pode ser encontrado nas águas dos oceanos Pacífico e Índico.

Coral de fogo

Apesar do nome, o Coral de Fogo é, na verdade, uma água-viva. Os tentáculos contêm espinhos venenosos que são potencialmente perigosos pelo fato de serem quase imperceptíveis dentro da água. Em contato com a pele, produzem dores insuportáveis que podem durar de dias até semanas. Muitos mergulhadores são envenenados por confundirem o animal com um coral.

Ouriço do Mar


Mesmo com uma aparência não muito agradável para os humanos, muitas são as vítimas dos venenosos espinhos do Ouriço do Mar. O veneno provoca dores intensas e infecções. Além disso, dependendo da profundidade com que o espinho tenha ferido a pessoa, há a necessidade de remoção cirúrgica. Mas, atenção: não são todas as espécies de ouriços do mar que são venenosas.

domingo, 29 de abril de 2012

Funerais públicos na Índia:Grelha corpos humano.





A fumaça é bastante grossa em torno desses lugares, devido às constantes funerais públicos que ali acontecem. Os olhos ardem, e o ar está pesado com o cheiro de lenha, incenso e os corpos humanos!. Eles dizem que o aroma é muito semelhante ao churrasco de carne, espalhe ao longo das margens do rio. Ocasionalmente, algumas pessoas ignoram, com paus, para manter o fogo aceso. Aqueles que praticam este hábito perturbador acreditar que a alma do falecido em seu caminho para o céu.
Este lugar é nas margens do rio sagrado da Índia, o Ganges. Este lugar é bem conhecido, uma vez que é composto de um rio imundo (não pode ser outra coisa), onde cadávares humanos abundam , como vimos em muito tempo.
Durante séculos, as pessoas vêm aqui para oração, meditação, banhos, e cremar seus mortos. Eles dizem que os cadáveres mais candentes foi há muito tempo, e alcançou a soma impressionante de 200 cremações em um dia.

burning man tradition
burning man tradition
burning man tradition
burning man tradition
burning man tradition
burning man tradition

4 teorias sinistras a respeito da destruição do Universo A teoria mais aceita atualmente pela Ciência para explicar a origem do  Univer...